SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | SEGUNDA-FEIRA, 16 DE MAIO DE 2022
COLUNA DO DIÁRIO

Casadinho com Pignatari, Geninho busca parcerias com Itamar e Pupo também

O deputado federal Geninho Zuliani (União Brasil) tenta, ainda por meio de conversas de bastidores, negociar outras dobradas poderosas em Rio Preto

Maria Elena Covre e Vinícius Marques
Publicado em 14/05/2022 às 00:17Atualizado em 14/05/2022 às 09:58
Geninho Zuliani afirma que há conflito no discurso  (Guilherme Baffi 27/5/2019)

Geninho Zuliani afirma que há conflito no discurso (Guilherme Baffi 27/5/2019)

Seção exclusiva para assinantes. Assine para ter acesso ilimitado.

Já sou cadastrado.

Quero ter acesso ilimitado.

COLUNA DO DIÁRIO

Casadinho com Pignatari, Geninho busca parcerias com Itamar e Pupo também

O deputado federal Geninho Zuliani (União Brasil) tenta, ainda por meio de conversas de bastidores, negociar outras dobradas poderosas em Rio Preto

Maria Elena Covre e Vinícius Marques
Publicado em 14/05/2022 às 00:17Atualizado em 14/05/2022 às 09:58

Geninho Zuliani afirma que há conflito no discurso (Guilherme Baffi 27/5/2019)

Embora seja comum vê-lo perambulando para cima e para baixo com o deputado estadual Carlão Pignatari (PSDB), o deputado federal Geninho Zuliani (União Brasil) tenta, ainda por meio de conversas de bastidores, negociar outras dobradas poderosas em Rio Preto.

O parlamentar, segundo apurou a Coluna, tem mantido conversas com boas perspectivas de acordo com o deputado estadual e pré-candidato à reeleição Itamar Borges (MDB) e com o vereador-delegado Renato Pupo (PSDB).

No caso de Pignatari, o vereador Bruno Marinho (Patriota) é a cola que gruda o tucano a Geninho na caça por votos em campos de futebol de várzeas de Rio Preto, por exemplo. Já a parceria do deputado federal com Itamar deverá ser trabalhada pelo vereador Francisco Junior (União Brasil) junto ao eleitorado das bases da pirâmide social.

Com Pupo, o deputado federal “made in Olímpia” está de olho em ampliar sua presença junto a policiais civis, advogados e eleitores das classes mais elevadas, economicamente falando. O problema, no caso, é a busca ainda de um cabo eleitoral forte para trabalhar os dois políticos junto a este público. O nome dos sonhos é o do vice-prefeito Orlando Bolçone (União Brasil). Este, no entanto, já abraçou a candidatura de Geninho, mas se vê pressionado por outros nomes - o do próprio Itamar Borges, por exemplo.

NOTAS

Dote alto

O presidente da Câmara de Rio Preto, Pedro Roberto (Patriota), vem impondo um dote alto demais para os pretendentes que batem em sua porta atrás de apoio para as eleições deste ano. Ele já começa a conversa dizendo que qualquer acordo tem de incluir seu interesse em disputar a cadeira ocupada por Edinho Araújo (MDB) em 2024.

Só sorrisos?

Depois de aparecer ao lado de Tarcísio de Freitas (Republicanos) durante evento político em Catanduva na semana passada, o coronel Fábio Rogério Candido potencializou sua busca por biscoitos (curtidas) nas redes sociais entre os devotos do bolsonarismo. Em foto postada em suas redes sociais, o oficial da ativa da PM é só sorriso ao lado do presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), com quem ele se encontrou em cerimônia na Academia de Polícia Militar do Barro Branco.

Jô, Rô e Gê

O comando de campanha à reeleição do governador Rodrigo Garcia (PSDB) aboliu o sobrenome do tucano, para torná-lo mais “povo”. Não é a primeira vez que o partido lança mão do expediente. Para que Alckmin não virasse um “bicho estranho” junto ao eleitorado nordestino, ele virou Geraldo em disputa presidencial. Doria, talvez numa tentativa de exorcizar o outrora oportunista BolsoDoria, agora é só João. Pelo andar da carruagem, não é difícil os marqueteiros apelarem, daqui a pouco, para reduções carinhosas, tipo: Jô, Rô e Gê.

Livrou a cara 1

A nova lei de improbidade administrativa livrou a cara de mais um político da região. Com base na legislação que entrou em vigor no ano passado, a juíza da 2ª Vara da Fazenda de Rio Preto, Tatiana Pereira Viana Santos, rejeitou ação contra o ex-prefeito de Guapiaçu Carlos César Zaitune. Ele é acusado de fracionar gastos superiores a R$ 150 mil nos serviços para manutenção de veículos do município, de forma a não realizar licitações.

Livrou a cara 2

Segundo a decisão da Justiça, a ação do Ministério Público “não descreve de modo claro por quais razões a conduta seria dolosa”. Com isso, a denúncia foi rejeitada, uma vez que a comprovação do dolo dos agentes públicos passa a ser condição obrigatória na condenação por improbidade administrativa.

Coração peludo 1

Não foram poucos os católicos fervorosos que demonstraram-se incomodados com breve texto publicado no site da Diocese de Rio Preto, nesta sexta-feira, 13, cumprimentando o bispo emérito dom Tomé Ferreira Silva pelo seu aniversário de Ordenação Episcopal. Alguns deles manifestaram-se, inclusive, por meio de mensagens ao Diário.

Coração peludo 2

“Agradecemos a Deus pelo aniversário de Ordenação Episcopal do Bispo Emérito da Diocese de São José do Rio Preto, dom Tomé Ferreira Silva. Parabéns, dom Tomé. A Regional Sul 1 da CNBB e a Diocese de São José do Rio Preto congratulam-se com o senhor nesta data especial”, diz a publicação ilustrada por uma foto do religioso, que caiu em desgraça com a comunidade católica local após vídeos íntimos dele viralizarem nas redes sociais. Deus perdoa, mas muitos fiéis, não.

SAÚDE É O QUE INTERESSA A Acirp (Associação Comercial e Empresarial de Rio Preto) formalizou nesta quinta, 12, a criação de um comitê de saúde, iniciativa inédita na entidade. A ideia é reunir representantes de todo o setor para implementar ações que potencializem a vocação do município na área. “O projeto visa tornar Rio Preto uma das melhores cidades mundiais de prestação de serviços na área médica, impulsionada pela educação e pela área tecnológica, nos próximos 30 anos”, diz a Acirp, presidida pelo também empresário do setor, Kelvin Kaiser. Para o médico Toufic Anbar, dono da Faceres, a imagem acima é de um dia “histórico”. “O comitê conseguiu em seu primeiro encontro reunir os principais componentes do ecossistema do setor: hospitais, operadoras e faculdades”, diz ele. E o pessoal já chegou colocando o sarrafo lá no alto. Uma missão visitará o Hospital Albert Einstein, no dia 9 de junho, com o objetivo de estreitar a relação entre setores públicos e privados da cidade com o icônico hospital paulistano. (Divulgação 12/5/2022)

 
Grupo Diário da Região.© Copyright 2022É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por