SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | SEGUNDA-FEIRA, 16 DE MAIO DE 2022
ARTIGO

Empreendedorismo inspirador!

Curso Empreenda desenvolve práticas e comportamentos empreendedores e oferece ferramentas de gestão inovadoras que podem mudar os resultados de uma empresa

Camila Iesi Sobreiro
Publicado em 13/01/2022 às 02:27Atualizado em 13/01/2022 às 02:33
Camila Iesi Sobreiro

Camila Iesi Sobreiro

Seção exclusiva para assinantes. Assine para ter acesso ilimitado.

Já sou cadastrado.

Quero ter acesso ilimitado.

ARTIGO

Empreendedorismo inspirador!

Curso Empreenda desenvolve práticas e comportamentos empreendedores e oferece ferramentas de gestão inovadoras que podem mudar os resultados de uma empresa

Camila Iesi Sobreiro
Publicado em 13/01/2022 às 02:27Atualizado em 13/01/2022 às 02:33

Camila Iesi Sobreiro

O Sebrae tem como um dos objetivos estratégicos desenvolver o empreendedor do futuro e, com isso, incentivar e estimular que cada vez mais pessoas desenvolvam comportamentos empreendedores para que se tornem protagonistas da própria história.

A última edição da pesquisa GEM (Global Entrepreneurship Monitor), realizada com apoio do Sebrae em parceria com o Instituto Brasileiro de Qualidade e Produtividade (IBPQ), mostrou que a taxa de empreendedorismo potencial no Brasil cresceu 75%, passando de 30% em 2019 para 53% em 2020. O porcentual representa 50 milhões de brasileiros que ainda não empreendem e querem abrir o próprio negócio nos próximos três anos.

Trata-se de um número representativo e o desafio do Sebrae é ajudar essas pessoas a empreenderem com qualidade. A ONU (Organização das Nações Unidas) fez um estudo que encontrou comportamentos em comum em pessoas que obtiveram sucesso na vida.

A partir daí, a ONU os nomeou como as “10 Características do Comportamento Empreendedor”. São elas: busca de oportunidade e iniciativa, correr riscos calculados, exigência de qualidade e eficiência, persistência, comprometimento, busca de informações, estabelecimento de metas, planejamento e monitoramento sistemático, persuasão e rede de contatos, independência e autoconfiança.

Os comportamentos são trabalhados durante o Empretec, principal programa de formação de empreendedores no mundo, criado pela ONU e promovido em 40 países. No Brasil, é exclusivo do Sebrae.

Durante o seminário, o empreendedor se autoavalia, identifica seus pontos fortes e fracos e, novamente, é desafiado a adotar uma postura que reforce as potencialidades e corrija suas fraquezas.

Os participantes aprendem mais do que técnicas de empreender, eles desenvolvem suas capacidades e passam por uma imersão de seis dias com desafios para despertar seu potencial empreendedor.

Atuando como um complemento ao Empretec, o curso Empreenda do Sebrae tem como objetivo desenvolver práticas e comportamentos empreendedores, além de oferecer ao participante ferramentas de gestão inovadoras que podem mudar os resultados de uma empresa.

Para as pessoas que pretendem empreender no Brasil, o Sebrae oferece além das soluções citadas neste artigo, vários outros produtos que auxiliam o empreendedor a realizar o planejamento da abertura de um negócio e, com isso, minimizar os riscos do investimento.

A ferramenta utilizada para planejar a abertura de uma empresa é chamada de plano de negócios, onde o empreendedor ou candidato a empresário fará um estudo detalhado do segmento que pretende atuar.

As principais etapas do plano de negócios são: análise de mercado, plano de marketing, plano operacional, plano logístico, plano financeiro, construção de cenários e avaliação estratégica. É importante que o empreendedor, ao final do plano ne negócios, consiga ter segurança na viabilidade da ideia que pretende iniciar.

Os sonhos podem se tornar realidade quando se tem coragem de ir em busca deles. Acredite!

Camila Iesi Sobreiro, Analista de negócios do Sebrae-SP

 
Grupo Diário da Região.© Copyright 2022É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por