SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | QUARTA-FEIRA, 18 DE MAIO DE 2022
ARTIGO

Acidente vascular cerebral e alimentação

Eduardo Silva
Publicado em 19/01/2022 às 18:07Atualizado em 19/01/2022 às 18:29
Eduardo Silva

Eduardo Silva

Seção exclusiva para assinantes. Assine para ter acesso ilimitado.

Já sou cadastrado.

Quero ter acesso ilimitado.

ARTIGO

Acidente vascular cerebral e alimentação

Eduardo Silva
Publicado em 19/01/2022 às 18:07Atualizado em 19/01/2022 às 18:29

Eduardo Silva

O acidente vascular cerebral é uma das principais causas de mortalidade precoce e morbidade no mundo; responsável por sequelas e redução no tempo de vida com saúde. O AVC ou derrame cerebral, ocorre quando há interrupção no fornecimento de sangue para o cérebro, provocado por obstrução de uma artéria por trombo ou coágulo (isquêmico) ou por extravasamento de sangue para dentro do parênquima cerebral por rompimento de um vaso sanguíneo (hemorrágico).

Os fatores de risco associados ao acidente vascular cerebral são classificados em não modificáveis (idade avançada, gênero, raça e susceptibilidade genética), e as modificáveis (estilo de vida: hipertensão arterial, doenças cardíacas, diabetes, obesidade, má-alimentação, alcoolismo, tabagismo, estrese, sedentarismo, dislipidemia, hiperurecemia, homocisteinemia. O controle dos fatores modificáveis podem reduzir a prevalência em até 90%. As manifestações clinicas do AVC podem ser: dificuldade para falar e engolir, paralisa, fraqueza e comprometimento da sensibilidade de um lado do corpo, tontura e perda de equilíbrio, cefaleia, sonolência e/ou perda da consciência, confusão mental.

Os alimentos que devem ser restritos ou eliminados para prevenir o AVC: sal refinado, carboidratos simples (sacarose, frutose, açúcar, farinha de trigo), gordura saturada, álcool, frituras, gorduras trans, alimentos enlatados e processados como bolachas, margarina, sorvetes, carnes com gordura e laticínios.

Os mesmos alimentos que mantém a pessoa saudável, previne diabetes, a síndrome metabólica, doenças cardíacas, hipertensão arterial, alguns tipos de câncer e o AVC. Estratégias para a prevenção de AVC: coma alimentos variados e coloridos (dieta arco íris), que contenham vitaminas, minerais , antioxidantes e fibras, com poucas calorias, de preferência frescos e orgânicos, com gorduras saudáveis. Coma frutas e vegetais todos os dias (vermelhas, cítricas-limão, tangerina, laranja, abacaxi, banana, ameixa, uva, abacate, mamão, cenoura, morango, melão, melancia, goiaba, maçã, batata, batata doce, espinafre, couve, abóbora, acelga, agrião, repolho, pepino, tomate). Use sal do himalaia ou marinho; ervas e temperos (alho, salsa, cebolinha, sálvia, alho-poró, cúrcuma, pimenta do reino, caiena); faça jejum intermitente; tome 1,5 l ou mais de água; gorduras saudáveis ômega 3, chia, linhaça, ovos, peixes de água fria e profunda, castanhas, nozes, amêndoas, azeite de oliva, óleo de gergelim, óleo de coco; grãos integrais; chás (verde, preto, dente de leão); cacau, chocolate amargo.

Eduardo Silva, Neurocirurgião e Coach

 
Grupo Diário da Região.© Copyright 2022É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por