Fagner Rodrigues promove leitura dramática

TEATRO

Fagner Rodrigues promove leitura dramática

Live do compartilhamento de pesquisa 'Antes de Assoprar', com diretor da Cia. Cênica, será realizada nesta quarta-feira, 9, às 20, no YouTube da companhia teatral rio-pretense


Fagner Rodrigues comanda live nesta quarta
Fagner Rodrigues comanda live nesta quarta - Fabiano Amigucci/Divulgação

O leitor que está com saudade da arte teatral tem uma dica de entretenimento nesta quarta-feira, 9, em Rio Preto. O dramaturgo e ator Fagner Rodrigues, diretor da Cia. Cênica, vai apresentar um novo projeto. Trata-se do compartilhamento de pesquisa do projeto "Antes de Assoprar", por meio de uma leitura dramática. A atividade será transmitida ao vivo no canal da companhia rio-pretense no YouTube (www.youtube.com/user/ciacenica). Após a leitura, será realizado um bate-papo com o autor.

Para produzir "Antes de Assoprar", Rodrigues investigou as possibilidades de criação de um texto dramatúrgico tendo como pontos de partida o teatro documental e suas memórias de infância, perpassadas por temas como suicídio, abandono afetivo parental e força da mulher na condução e criação dos seus filhos -, além de fotografias, vídeos e musicalidades. A pesquisa tem orientação de Clara Roncati, preparação vocal de Babaya Morai, direção de Fabiano Amigucci e operação técnica de Luis Fernando Lopes.

Fagner Rodrigues afirma que com este projeto pretende redimensionar as propostas de escrita da Cia. Cênica e suas próprias - até então coletivas e elaboradas a partir de exercícios teatrais nas salas de ensaio -, para uma escrita individualizada e imersiva na construção de memórias pessoais e coletivas. "Ao dividir com o grupo este processo pretendo criar novas perspectivas. E também pesquisar uma linguagem teatral ainda não experimentada, do teatro documental, do autoficcional, do performático."

Rodrigues percorre com este texto a sua história de vida a partir do ano de 1989, aos seus 4 anos de idade, quando seu pai se suicidou. A sinopse de "Antes de Assoprar" é a seguinte: era uma festa e tão somente. Uma criança que não esquece; um adulto que não lembra. Um ator persona percorre a história familiar a partir do suicídio de seu pai, no próprio aniversário. Na hora do parabéns, houve enterro, canto acompanhado, encomendado. Velas e flores com gosto de bala de coco. Ele assopra verdades ocultas, mentiras perpetuadas. Rito de cura ancestral. Não sobre o que é arte, mas, o que é vida.

O projeto integra a programação do Território Cênico, projeto de formação e difusão cultural da Cia. Cênica. A live, que é indicada para pessoas com mais de 14 anos, não é uma apresentação teatral de uma peça, mas sim uma leitura de um texto. "Vou compartilhar a minha relação com estas palavras ("Antes de Assoprar") e como eu consegui organizar todos esses pensamentos e sentimentos que sempre me acompanharam."

O processo de criação da escrita teve cerca de três meses, quando teve início o projeto dentro do Território Cênico. No entanto, a ideia sempre perseguiu Rodrigues. Por isso, ele vem colhendo histórias há muito tempo, desde a sua infância. E produzir, durante a pandemia do coronavírus, teve alguns pontos positivos. "A pandemia potencializou algumas situações, como colocar as coisas no lugar e realizar projetos que estavam engavetados. Sabe aquela sensação de recalcular rotas? Dentro disso, não tem como não mencionar um processo de cura e de enfrentamento. Para escrever o texto, fui cuidar do corpo, passei a fazer atividade física e também terapia. Houve um preparo para me relacionar com esta história, que não é fácil ou leve."

"Antes de Assoprar" terá um desdobramento e vai virar uma montagem teatral no próximo ano. "A Cia. Cênica tem um projeto de montagem chamado 'Ao que vamos ser' e este texto faz parte deste projeto, que serão outras cinco montagens dentro da companhia. Este desdobramento da pesquisa aconteceu via projeto Território Cênico. Vários artista da Cia. Cênica ganharam uma bolsa para se dedicar ao estudo de uma pesquisa para compartilhá-la." 

Música

A programação online do Território Cênico continua nesta quinta-feira, 10, às 20h, no www.youtube.com/user/ciacenica, o show musical "Trambique", do poeta, cantor, compositor e ator João Liossi. Em maio, o artista lançou digitalmente o álbum "Trambique (Canções de quarentena)", gravado em casa com seu celular, e tratou, naturalmente, de temas e sonoridades relacionadas à solidão, mas também aos pequenos encontros que podemos ter com nós mesmos. Nesta live, ele traz seu repertório autoral desde as canções de "Antiexílio", EP lançado no começo deste ano, até as canções compostas durante a quarentena. A apresentação contará com a participação especial da dançarina e atriz Andrea Capelli. Informações: http://ciacenica.com.br/sit/territorio-cenico/.