Influência de Charlotte BrontëInfluência de Charlotte Brontë

Daniel Garcia Rodrigues, escritor e professor, doutor em teoria da literatura, conta que a princípio relutou para assistir a série por não gostar de produções consideradas açucaradas. Após se render a recomendação de uma sobrinha, ele parou três vezes o terceiro capítulo por chorar muito. "A série é comovente ao contar a história de uma menina órfã, adotada por fazendeiros, que é extremamente criativa e tagarela. A produção conquista pela beleza das imagens e pela excelente atuação dos atores, principalmente Amybeth McNulty, que vive a Anne."

Segundo Rodrigues, a série tem uma clara influência da escritora inglesa Charlotte Brontë, autora de "Jane Eyre", que inclusive é uma obra muito citada por Anne na série. "Ela é uma mocinha revolucionária, de bem com a vida, que questiona todos os valores de uma comunidade conservadora e preconceituosa. O livro tem uma coisa feminista, interesse pela libertação da mulher, pelas questões de preconceito, racismo, posição dos negros numa sociedade extremamente branca, heteronormativa."

Para Rodrigues, "Anne With An E" é uma série bem feita. "Depois que consegui parar de chorar no terceiro capítulo, eu assisti até o final com prazer e alegria. É uma série que descansa a gente diante de tanta produção distópica sobre gente psicopata. A ficção cinematográfica e as séries contemporâneas valorizam a mente criminosa e, particularmente, estou cansada disto. Apesar de ser melosa e açucarada, a série é gostosa de ver ao mostrar um ser humano interessante e com um olhar encantador pelo mundo. Dá um conforto."