FELIZES E ONLINE

Em quarentena, Bárbara Evans vai transmitir ao vivo casamento em Adolfo

Modelo vai se casar no civil no dia 29 de maio


Adolfo
Bárbara Evans e Gustavo Theodoro marcam casamento no civil para o fim do mês
Bárbara Evans e Gustavo Theodoro marcam casamento no civil para o fim do mês - Reprodução/Instagram

Por meio de seu perfil oficial no Instagram, a modelo Bárbara Evans comunicou que vai se casar no civil ainda este mês. Com a cerimônia religiosa marcada para o dia 15 de agosto, a filha de Monique Evans, que já está vivendo com o noivo, Gustavo Theodoro, em sua fazenda, em Adolfo, vai aguardar até o fim do mês para decidir se será preciso ou não remarcar a data.

No entanto, o casal irá se adiantar e, já no próximo dia 29, uma sexta-feira, a partir das 17h, os dois vão dizer "sim" em uma capela do haras de Gustavo. No local, além dos pombinhos estará apenas um casal de padrinhos, sem mais convidados, conforme as orientações médicas para o período de pandemia do coronavírus.

Por conta disso, Bárbara vai transmitir o momento para os seguidores e familiares através de uma live nas redes sociais.

Veja a postagem

 
 
 
Ver essa foto no Instagram

Oi, amores! O @gutheodoro e eu temos BOAS notícias para vocês. Bom, nosso casamento ( religioso/ festa @fazendasantabarbara ) está marcado para dia 15/08. Vamos aguardar até final do mês e, se for necessário, remarcaremos a data e comunicaremos todos vocês. MAS não é só disso que viemos falar. Ontem eu fiquei pensando muito em alguma ideia de como fazer alguma coisa para trazer mais alegria para nossas vidas, e eis que me veio a ideia de fazer o nosso casamento civil ( que não iríamos fazer nada) no haras do Gustavo em uma capela linda que tem lá. Mas, Bárbara, estamos de quarentena. Sim, só vai estar eu o Gustavo, minha cunhada Juliana, o marido lucas (que são os padrinhos ), sem nenhum convidado. E tudo conforme a lei, respeitando a distância, tudo certinho. Vai ser algo simples, mas de CORAÇÃO. E o melhor? Vou fazer uma live para todos vocês poderem acompanhar esse dia tão importante para nós! Pensamos nisso pois nossos pais/avós estão 100% isolados (são grupo de risco) e, assim, seria uma forma de mantermos todos em segurança e ao mesmo tempo levar felicidade para todos nós. Pensei muito e, com isso, quero ajudar os noivos que tiveram que adiar o casamento a não deixarem o sonho acabar. Para tudo tem um jeito. Vocês gostaram? Espero conseguir levar um pouco de felicidade para cada um de vocês que torcem pela gente! Casamento Civil