Cia. Cênica lança registro de 'Terra Abaixo, Rio Acima' no Youtube

TEATRO ONLINE

Cia. Cênica lança registro de 'Terra Abaixo, Rio Acima' no Youtube

A peça inspira-se em histórias que envolvem a construção da usina hidrelétrica de Ilha Solteira, no Rio Paraná


Registro em vídeo de 'Terra Abaixo, Rio Acima' na íntegra pode ser visto no Youtube da Cia. Cênica
Registro em vídeo de 'Terra Abaixo, Rio Acima' na íntegra pode ser visto no Youtube da Cia. Cênica - Everton Campanhã/Divulgação

A Cia. Cênica, de Rio Preto, disponibiliza gratuitamente em seu canal no YouTube, a partir deste sábado, 10, o vídeo com a filmagem na íntegra do espetáculo "Terra Abaixo, Rio Acima", inspirado em histórias colhidas no noroeste paulista. A peça é de rua e itinerante, com a plateia e o elenco caminhando juntos. A apresentação exibida no vídeo foi realizada na área externa da Swift.

Por conta da pandemia do novo coronavírus, a exibição online substitui as apresentações presenciais previstas inicialmente no projeto que foi selecionado pelo Prêmio Nelson Seixas, da Secretaria Municipal de Cultura.

A peça inspira-se em histórias que envolvem a construção da usina hidrelétrica de Ilha Solteira, no Rio Paraná, concluída em 1978, como a lenda da Velha Barrageira, e em fatos históricos como a Revolta do Arranca-Capim, encabeçada por camponeses em Santa Fé do Sul. Em cena, o repertório musical é tocado e cantado ao vivo pelo elenco.

Uma das personagens é inspirada em Aparecido Galdino Jacintho, o Aparecidão. Ele, que morreu em março deste ano, aos 97 anos, foi líder religioso na antiga cidade de Rubineia, inundada pelas águas do lago artificial da usina. Ele era conhecido na época por benzer e curar pessoas e animais e foi retratado no documentário "O Profeta das Águas", de Leopoldo Nunes.

A partir de seus estudos para criar o espetáculo, a Cia. Cênica bebeu na fonte do realismo mágico, misturou e reinventou eventos e personagens, dando espaço ao imaginário.

O lançamento no Youtube foi antecedido por uma série de vídeos curtos no Facebook da Cia. Cênica, em que elenco e produção refletem sobre questões como figurinos, preparação vocal, música, memória, o ator e a rua.

O projeto ainda envolve a realização das lives "Desapresentações – Fios da Memória". Serão três encontros online e ao vivo com transmissão no canal da companhia no YouTube. O elenco do espetáculo irá receber convidados para três bate-papos sobre a memória e a história de Rio Preto a partir de três eixos: povos originários, meio ambiente, urbanização e patrimônio histórico-cultural. As lives serão nos dias 20, 21 e 22 deste mês, sempre às 20h. Entre os convidados estão a historiadora, antropóloga e economista Niminon Pinheiro, o zoologista Arif Cais e a arquiteta e urbanista Delcimar Teodozio.