'Corpomáquina' faz reestreia, agora no virtual, neste sábado

ARTE MULTIMÍDIA

'Corpomáquina' faz reestreia, agora no virtual, neste sábado

A transmissão de 'Corpomáquina' será feita pelo canal do Robo.Art no Youtube e retransmitida na página do coletivo no Facebook


Vinicius Francês em cena da performance multimídia 'Corpomáquina'
Vinicius Francês em cena da performance multimídia 'Corpomáquina' - Milena Aurea/Divulgação

Depois de uma imersão criativa que contou com a provocação do artista multimídia cearense Eric Barbosa, o coletivo rio-pretense Robo.Art realiza, neste sábado, 5, às 20h, a reestreia de "Corpomáquina", performance que une arte e tecnologia para refletir sobre a relação do humano com a máquina. Protagonizado pelo dançarino Vinicius Francês, o obra foi adaptada para o ambiente virtual, o que, para o diretor Vinicius Dall'Acqua, potencializa o seu discurso. "O mundo está mais cibernético do que nunca."

A transmissão de "Corpomáquina" será feita pelo canal do Robo.Art no Youtube e retransmitida na página do coletivo no Facebook. Após a exibição, será realizado um bate-papo virtual com a artista multimídia Bianca Turner, de São Paulo, com medição da rio-pretense Luciana Ramin, do coletivo paulistano Agrupamento Andar7. Na pauta, temas como memória, paisagens sensoriais e a vida.

Contemplado pelo Prêmio Nelson Seixas, da Secretaria Municipal de Cultura, o projeto do "novo" "Corpomáquina" prevê a realização de outras transmissões ao vivo, além de um vídeo com o registro de todo o processo de concepção da performance multimídia para o virtual, assinado por José Vitor Gomes, cuja lançamento é previsto para o próximo mês.

Concebido a partir dos desdobramentos do Projeto Mola, realizado pelo Sesc Rio Preto em 2018, "Corpomáquina" já foi apresentado no Festival Internacional de Teatro (FIT) e na Perfídia - Mostra de Performances e Novas Mídias, em São Paulo.