Grupo de teatro de Rio Preto apresenta peça online

CIA. FÁBRICA DE SONHOS

Grupo de teatro de Rio Preto apresenta peça online

Cia. Fábrica de Sonhos apresenta 'Era uma vez... a Cigarra e a Formiga' neste sábado, 27, às 16h


Jaqueline Bisca e Charlys Milla em cena da peça
Jaqueline Bisca e Charlys Milla em cena da peça - Divulgação

Envolvida com a produção de conteúdos para o ambiente virtual durante esse período de distanciamento social, a Cia. Fábrica de Sonhos, realiza, neste sábado, 27, a primeira exibição ao vivo de um espetáculo online. Trata-se de "Era uma vez... a Cigarra e a Formiga", mais recente montagem do grupo rio-pretense, que poderá ser conferida no Youtube e no Instagram às 16h.

Com dramaturgia e direção de Guido Caratori, a peça, livremente inspirada em conto de Jean de La Fontaine (1621-1695), traz uma reflexão sobre a condição de trabalho do artista e sua constante busca para ser respeitado enquanto profissional por sua família e pela sociedade, além dos desafios inerentes à profissão, que obrigam o artista a se reinventar a todo momento. O elenco conta com os atores Charlys Milla e Jaqueline Bisca. 

Segundo Drica Sanches, atriz e produtora, as reflexões provocadas pela peça são oportunas para o momento, já que os artistas estão praticamente impossibilitados de trabalhar devido à pandemia da Covid-19. "É exatamente nesse contexto que nos baseamos para continuar compartilhando com o nosso público, alunos e parceiros o que mais sabemos fazer: arte", sinaliza.

Os espectadores que puderem e quiserem poder apoiar o trabalho que vem sendo realizado pela Fábrica de Sonhos podem colaborar com a campanha de financiamento coletivo realizada pela companhia rio-pretense (http://vaka.me/1101581). Neste sábado, 27, ela estará disponível na versão "pague quanto puder". 

Entre os conteúdos produzidos pela Fábrica de Sonhos em suas redes sociais estão oficinas de teatro, aulas de alongamento, brincadeiras e jogos lúdicos, construção de brinquedos, apresentações musicais, dicas teatrais, de leitura e gestão cultural, esquetes clown, causos caipiras e contações de histórias.