Catanduva leva sua mostra de teatro para palco virtual

CULTURA POPULAR

Catanduva leva sua mostra de teatro para palco virtual

Mostra de Teatro Popular será encerrada, nesta quinta-feira, 25, com a estreia da nova peça do grupo Cabrabão, 'Vapor'


Espetáculo 'Vapor', do Grupo Cabrabão
Espetáculo 'Vapor', do Grupo Cabrabão - Leandro Buares/Divulgação

A Mostra de Teatro Popular de Catanduva, realizada pela Secretaria Municipal de Cultura, teve início no mês de março, mas sua programação precisou ser interrompida devido à pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Rumo ao seu encerramento, o evento ganha agora a internet, com a realização de duas atividades remotas e a estreia virtual de "Vapor", novo espetáculo do grupo catanduvense Cabrabão.

"Pensamos em ideias para garantir o entretenimento ao público, principalmente nesse momento. A estreia do espetáculo 'Vapor' foi totalmente adaptada para ocupar as telas de computadores e celulares, ganhando ações adicionais", explica o coordenador do projeto, Rafael Back.

A programação começa nesta terça-feira, 23, com uma live com o elenco do espetáculo "Vapor", a partir das 21h. O conteúdo estará disponível nas páginas do Facebook do Cabrabão e da Secretaria de Cultura. Será a oportunidade de interagir com os artistas, tirar dúvidas e conhecer detalhes sobre a trama.

Na quarta, 24, às 20h, será a vez da Oficina Steampunk, com Guilherme Brandão e Vânia Santos, no canal da Secretaria de Cultura no Youtube. A oficina trará informações sobre esse subgênero da ficção científica que conquistou o público entre as décadas de 1980 e 1990.

Estreia teatral

Na quinta-feira, 25, às 20h, será a estreia da nova peça do grupo Cabrabão, com transmissão ao vivo no canal da Secretaria de Cultura no Youtube. "Vapor" mostra um período pós-apocalíptico, em que o Brasil enfrenta sua maior crise em séculos.

Uma terra esquecida pelo governo e dominada pelos interesses dos conglomerados empresariais é o cenário árido onde um lendário grupo, denominado Cangaço à Vapor, sai à procura de um artefato que pode resgatar tudo o que foi tirado do povo. A encenação traz como marca o movimento steampunk e tem classificação livre.

O texto e a direção de "Vapor" são de Rafael Back. Os figurinos são de Vânia Santos e o cenário é do Grupo Cabrabão. Guilherme Brandão foi o responsável pela pesquisa e a direção musical é de Maju Malavaes e Vine Spina. Já a orientação de artes virtuais é de Lucas Paschoal. No elenco estão Rafael Back, Aline Leite, Henrique Zukovski, Priscila Rodrigues e Vânia Santos.