BLUES & AFINS

Bebop Blues faz live no Youtube neste sábado

Com transmissão da Almirante Barba, o show online é uma forma de viabilizar recursos para ajudar os músicos da banda rio-pretense


Bebop Blues entrará em estúdio após a pandemia, para gravar seu primeiro EP autoral
Bebop Blues entrará em estúdio após a pandemia, para gravar seu primeiro EP autoral - Pedro Cunha/Divulgação

Um diálogo do blues com estilos como o jazz, o rock e o funk norte-americano, além da musicalidade brasileira e latina. Esta é a identidade do Bebop Blues, grupo presente há três anos na cena musical rio-pretense. Longe dos palcos devido à pandemia do novo coronavírus, a banda promove, neste sábado, 23, a partir das 19h, um show online que será transmitido pelo seu canal no Youtube. A iniciativa é uma forma de viabilizar recursos para ajudar seus integrantes durante o período de distanciamento social, já que estão impossibilitados de trabalhar nesse momento.

"Antes da pandemia, a previsão era iniciar neste mês a gravação de nosso primeiro EP autoral, que terá quatro faixas. Vamos entrar em estúdio quando for viável", sinaliza o guitarrista Fernando Poiana, que forma o Bebop Blues ao lado do cantor e gaitista João "Baby Blues", do contrabaixista Paulo Garrido e do baterista Guilherme Pala.

Poiana destaca que, embora o grupo tenha como norte a filosofia do blues, as diferentes influências musicais dos integrantes temperam o repertório autoral do Bebop Blues, cujas canções são todas em inglês. "Cantamos em inglês por que sua métrica soa mais musical na interpretação desse estilo. Costumo sempre fazer um paralelo com a bossa nova. Cantar blues em português é como cantar bossa nova em inglês", comenta.

O guitarrista destaca que a live do Bebop Blues só foi possível de ser realizada graças a ajuda de diversos parceiros, empresas rio-pretenses cujos proprietários curtem esse gênero musical. Entre elas está a barbearia Almirante Barba, o espaço de onde o show online será transmitido, respeitando todas as regras para impedir a transmissão da Covid-19. A iniciativa também tem apoio do American Smoke House, Avatim, Telebrasil, Coworking Rio Preto, Centro Musical Garrido e Portões Rio Preto.

Durante a transmissão, será divulgada a campanha de financiamento coletivo que o Bebop Blues está realizado na plataforma Vakinha (http://vaka.me/1044885) e o número de uma conta corrente para o couvert artístico espontâneo dos internautas.

O repertório da live, que terá duração de duas horas, envolve apenas covers, de nomes como Albert King, Freddie King, Little Walter, Peggy Lee, Canned Heat, Bacon Fat e Ray Charles. O grupo também apresentará pela primeira vez uma leitura para "Evil Ways", do guitarrista mexicano Carlos Santana, além de uma composição do gaitista Jason Ricci.

Poiana ressalta que o grupo buscou conceber um repertório animado, para romper com o clichê de que o blues é um gênero musical melancólico. "Costumo dizer que o blues é a alegria do possível, a alegria diante de uma situação adversa, como essa que vivemos agora. A busca pela alegria é a sua maior resistência."