SÃO PAULO

Edgard Piccoli deixa Jovem Pan e faz críticas

'Foi como tirar a máscara sufocante para respirar novos ares. Mais puros e leves, espero', desabafou o apresentador


Edgard Piccoli durante sua participação no 'Roda Viva' da segunda-feira, 18
Edgard Piccoli durante sua participação no 'Roda Viva' da segunda-feira, 18 - Reprodução
O apresentador Edgard Piccoli anunciou pelo Twitter, na terça-feira, 19, que deixou a Jovem Pan na segunda, 18, onde comandava o programa "Morning Show" desde 2012.
Piccoli afirmou que saiu da rádio orgulhoso de ter feito seu trabalho com "caráter e honestidade intelectual", mas fez críticas logo em seguida.
"Foi como tirar a máscara sufocante para respirar novos ares. Mais puros e leves, espero. Menos infectados pelas alucinações 'desinformantes' vigentes. É uma necessidade premente manter a sanidade em meio a loucos. Eles não tem nada a perder, já lhes falta razão", escreveu.
Edgard Piccoli afirmou ainda que participou do programa "Roda Viva", da TV Cultura, no dia de sua demissão. Na ocasião, o entrevistado da vez era o youtuber Felipe Neto, o qual definiu como "o cara que talvez melhor represente o Zeitgeist, o espírito do tempo no conceito filosófico alemão."