NESTA SEGUNDA

Carpinejar fala sobre seu novo livro em live do Diário

O escritor lançou o livro durante o período de isolamento social e fala sobre os efeitos emocionais e sociais da pandemia


Novo livro de Fabrício Carpinejar foi escrito durante a pandemia
Novo livro de Fabrício Carpinejar foi escrito durante a pandemia - Arquivo pessoal

Colo, seja de mãe, de irmãos ou amigos, é um gesto simples, mas que acalenta o coração e a alma. Ele simboliza o amor, o carinho, compreensão e traduz a frase "calma, vai ficar tudo bem".

O colo, assim como o abraço, é o que as pessoas mais estão necessitando nesse período de quarentena devido à pandemia do novo coronavírus. E ele é o tema do livro "Colo, por favor", do escritor Fabrício Carpinejar, que foi concebido justamente durante esses dias de distanciamento social. Para falar sobre seu novo livro, ele participa de uma live do Diário da Região, nesta segunda-feira, 18, às 14h30.

O livro foi lançado no dia 6, e, pelas redes sociais, o escritor explica que ele traz os efeitos emocionais e sociais da pandemia do novo coronavírus. "A obra traz ensaios biográficos interligados em quarenta capítulos, sempre partindo de uma frase de efeito, refletindo sobre a solidão, o medo, os relacionamentos, a família e a esperança", diz.

Em um dos capítulos, que ele também citou em seu perfil, o escritor fala sobre o fundo do poço. Mas não de uma forma negativa, frustrante, mas, sim, a possibilidade de enxergar um "mapa do lugar e usar a experiência para ensinar os outros a saírem."

Em outra citação, ele fala sobre esperança. "A esperança é querer mais do que a realidade oferece. A esperança é não se contentar com a realidade. A esperança é a própria realidade quando a realidade falta.

A esperança é comemorar uma alegria na tristeza, é inventar notícias otimistas das adversidades, é dizer que o acaso nos protegeu de coisas piores. A esperança é combater os diagnósticos e frustrar as previsões negativas. A esperança é um sim diante do não, um talvez diante do nada."

O encontro com escritor acontece por meio de videoconferência e a transmissão ao vivo será feita pela página do Diário da Região no Facebook (facebook.com/portaldiariodaregiao). Os leitores poderão comentar e interagir.