SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | DOMINGO, 22 DE MAIO DE 2022
IMÓVEIS

Como utilizar o estilo industrial em projetos residenciais

Evidenciado pelos tijolos aparentes, cimento queimado e tubulação exposta, esse conceito serve tanto para casas quanto para apartamentos

Núcleo Digital
Publicado em 24/04/2022 às 00:00Atualizado em 22/04/2022 às 16:35
Mesmo no quarto a tubulação aparente pode ser utilizada. Nesse projeto, o cuidado de adicionar as tomadas nos locais corretos também garantiu conforto e funcionalidade (JP Image/Divulgação)

Mesmo no quarto a tubulação aparente pode ser utilizada. Nesse projeto, o cuidado de adicionar as tomadas nos locais corretos também garantiu conforto e funcionalidade (JP Image/Divulgação)

Começou em Nova York, entre as décadas de 1960 e 1970, quando artistas transformaram galpões industriais em residências. O estilo despojado e despretensioso virou conceito e até hoje serve de inspiração para projetos residenciais que têm no décor industrial uma forte marca da personalidade dos moradores.

Evidenciado pelos tijolos aparentes, cimento queimado e tubulação exposta, esse conceito serve tanto para casas quanto para apartamentos, mas é muito forte em lofts, com seus inconfundíveis mezaninos.

Para a arquiteta Júlia Guadix, do escritório Liv'n Arquitetura, o conceito permanece forte e assim deve continuar por um bom tempo. "Não à toa, muitos empreendimentos imobiliários possuem conceitos característicos dos galpões que deram origem ao estilo. Hoje em dia, já assimilamos muito essa ideia de integrar os ambientes — tornando-os multifuncionais —, de ter a planta do imóvel mais livre, assim como apostar em janelas maiores. Por si, esses pontos já fazem parte deste tipo de decoração", explica.

Na escolha do mobiliário, a dica da profissional é optar por peças multifuncionais e modulares, que harmonizam bem por conta da versatilidade. "Móveis como sofás modulares, camas rebatíveis, carrinhos e mesas laterais permitem uma flexibilidade de uso que tem tudo a ver com a integração do espaço trazida por esse estilo. E elementos em metal, concreto, vidro e madeira reforçam a linguagem industrial", ressalta.

Muito presente nos lofts e apartamentos com estilo industrial, a tubulação aparente pode incrementar o décor (JP Image/Divulgação)

Tubulação aparente

As arquitetas Ieda e Carina Korman, do escritório Korman Arquitetos, explicam que uma das características mais marcantes do estilo industrial é a tubulação aparente, que traz uma identidade jovem e urbana para o ambiente.

Segundo as profissionais, além da questão estética, essa técnica ainda traz outros benefícios, por não exigir quebra da alvenaria, agilizar as reformas e diminuir os custos.

Essas facilidades, no entanto, não dispensam o planejamento necessário para que o projeto seja bem-sucedido. "É necessário pensar na localização de terminações, interruptores, tomadas, torneiras e outros itens, podendo assim traçar o melhor desenho da tubulação pelo projeto", complementam as arquitetas.

Embora todo cômodo possa receber a tubulação aparente, Ieda e Carina alertam sobre o tipo de material adequado para cada situação. "O aço galvanizado ou tubos de cobre são os mais utilizados para instalações elétricas. Agora, quando o assunto é hidráulica, o PVC é o mais indicado. Ele pode ser pintado para harmonizar com o ambiente", explicam as profissionais. "Na hidráulica, nunca cruze tubos de água fria com os de água quente", alertam.

Como começar?

Para quem pretende decorar um imóvel no estilo industrial, o primeiro passo é analisar o espaço e compreender quais são os elementos estruturais aparentes da residência.

Se o local não contar com materiais interessantes para deixar aparente, é possível aplicar texturas de cimento queimado ou tijolinhos, que criam uma boa base para o espaço.

Quanto à iluminação, Júlia recomenda a instalação de pendentes com elementos metálicos e lâmpadas com filamento, que reforçam o clima industrial. Ela indica a iluminação branco quente (temperatura de cor entre 2700K e 3000K), para deixar os ambientes mais agradáveis e acolhedores. "Gosto muito de deixar os materiais aparentes e manipular a cor em detalhes, porque deixa a decoração bem versátil. Sempre falo para os meus clientes que esse estilo é super atemporal, pois há séculos o tijolo, concreto e vidro não saem de moda", finaliza.

Nesse loft projetado por Korman Arquitetos, a tubulação aparente se estende para a cozinha (JP Image/Divulgação)

 
Grupo Diário da Região.© Copyright 2022É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por