Incêndio devastou 691,8 hectares em Rio Preto, diz relatório da Polícia Ambiental

SEM SUSPEITOS

Incêndio devastou 691,8 hectares em Rio Preto, diz relatório da Polícia Ambiental

Área é equivalente a 691 campos de futebol. Documento foi encaminhado à Polícia Civil e aos órgãos responsáveis pelas áreas atingidas


Incêndio IPA
Incêndio IPA - Guilherme Baffi 9/9/2020

Relatório da Polícia Militar Ambiental de Rio Preto mostra que o incêndio que atingiu a área do antigo Instituto Penal Agrícola (IPA) devastou uma área de 691,80 hectares, sendo 454,65 em áreas da Estação Ecológica Noroeste Paulista e da Floresta Estadual do Noroeste Paulista.

De acordo com o documento, as chamas destruíram pastagem, cultura canavieira e vegetação nativa em estágios iniciais e médios de regeneração natural, reflorestamentos, pastagem e vegetação exótica.

O Termo de Vistoria Ambiental, sem identificação do responsável por atear fogo na área, foi encaminhado à de Polícia Civil. "No intuito da competente elucidação dos indícios do início do sinistro, bem como foi encaminhado também aos gestores/responsáveis pelas áreas atingidas", afirma nota da Ambiental encaminhada ao Diário.

O relatório confirma a informação de que o incêndio começou em área externa. "No que tange ao tempo para regeneração das áreas atingidas, tendo em vista a diversidade de vegetação atingida, seja exótica, nativa ou de reflorestamento, torna-se imperioso a busca de tais informações junto à Secretaria do Meio Ambiente, Municipal ou Estadual, que por meio de profissionais ligados ao campo da Biologia poderão fornecer parecer técnico", finaliza o comunicado.