SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | TERÇA-FEIRA, 09 DE AGOSTO DE 2022
POLÍTICA

MP investiga desvio de dinheiro de Bombeiros em Catanduva

Febom

Jocelito Paganelli
Publicado em 18/09/2009 às 03:45Atualizado em 21/01/2022 às 11:56

O Ministério Público (MP) abriu inquérito para apurar indícios de irregularidades praticadas pelo prefeito de Catanduva, Afonso Macchione (PSDB), na administração dos recursos do Fundo Especial do Corpo de Bombeiros (Febom). Junto com o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) a prefeitura cobra dos contribuintes a taxa de combate a incêndios, que deve ser repassada ao Corpo de Bombeiros. No entanto, o dinheiro teria sido aplicado em outros setores da prefeitura, como a Secretaria de Obras. De acordo com o vereador Wagner Bersa (PPS), que encaminhou a representação contra Macchione aopromotor Ademir Perez, as irregularidades no controle dos recursos do Febom ocorrem desde 2005. Nos últimos anos a Prefeitura deixou de repassar aproximadamente R$ 1,5 milhão ao Corpo de Bombeiros da cidade. ?O dinheiro foi usado até para a reforma do Estádio Silvio Salles (sede do Grêmio Catanduvense de Futebol)?, disse Bersa. A Prefeitura também usou recursos do Febom para a construção de galerias de água. A lei que instituiu o Febom determina que os recursos do fundo serão aplicados exclusivamente na manutenção do Corpo de Bombeiros. Se o MP comprovar a denúncia dos vereadores Macchione poderá ser acionado judicialmente por crime de improbidade administrativa. Na representação entregue ao MP, a CEV pede a cassação do prefeito, além da devolução dos recursos do Febom aplicados irregularmente. Macchione afirmou, por meio de assessoria de imprensa, que atenderá as solicitações do MP e que vai se defender as acusações dos vereadores.

Macchione informou que apresentará explicações ao promotor (Guilherme Baffi)

Macchione informou que apresentará explicações ao promotor (Guilherme Baffi)

 
Grupo Diário da Região.© Copyright 2022É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por