SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | QUARTA-FEIRA, 10 DE AGOSTO DE 2022
IMUNIZAÇÃO

Em Nova Granada, passaporte da vacina é cobrado até para entrar em lojas

Apesar da obrigação prevista no decreto, Prefeitura informou que não haverá multa em caso de descumprimento

Arthur Pazin
Publicado em 01/12/2021 às 14:33Atualizado em 01/12/2021 às 16:58
Vacinação  (Johnny Torres/Arquivo)

Vacinação (Johnny Torres/Arquivo)

A prefeita de Nova Granada, Tânia Yugar (PSD), publicou decreto, que passou a valer nesta quarta-feira, 1º, cobrando a apresentação de comprovante das duas doses de vacinação para entrar em estabelecimentos públicos e privados do município, incluindo os de saúde.

Segundo o documento, serão considerados válidos o cartão de vacinação impresso timbrado, emitido no momento da vacinação, ou o certificado digital de vacinação, disponível pelos aplicativos ConecteSUS e Poupatempo.

A determinação da prefeitura, no entanto, não prevê multa, tampouco fecha estabelecimentos, servindo, apenas, de acordo com a assessoria do Exeuctivo, como forma de orientação e incentivo à imunização.

As condições se aplicam a estabelecimentos de uso coletivo em geral, como restaurantes, padarias, lanchonetes, sorveterias, salão de beleza, barbearias, academias, eventos e atividades culturais.

Segundo a Secretaria de Saúde de Nova Granada, 690 pessoas no município não se vacinaram com as duas doses do imunizante contra a Covid. A medida, então, foi tomada para concientizar e aumentar o número de vacinados.

 
Grupo Diário da Região.© Copyright 2022É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por