ANO LETIVO

Alunos de Rio Preto têm novo calendário de atividades remotas

Uma outra questão abordada no documento é que ainda não há previsão de retorno das aulas presenciais


De acordo com documento, ainda não há previsão de retorno das aulas nas escolas municipais
Freepik/Banco de imagens

Os alunos das escolas municipais de Rio Preto terão algumas mudanças no calendário escolar do ano letivo devido à pandemia do novo coronavírus (Covid-19). A Secretaria de Educação publicou nesta quarta-feira, 13, uma resolução no Diário Oficial com essas alterações e a principal delas é a possibilidade de que as atividades remotas sejam contabilizadas como carga horária no ano letivo.

Além da desta nova configuração do calendário escolar, o documento também traz a afirmação de que ainda não há previsão de retorno das aulas presenciais. "A data de retorno à aula presencial será definida pelo Executivo Municipal, respeitadas as normativas pertinentes à prevenção do contágio pela COVID-19", diz o segundo parágrafo do primeiro artigo da resolução.

O documento determina as datas de início e fim de cada bimestre. Para os dias 10 e 13 de julho, está previsto o replanejamento, com reelaboração do projeto educativo da escola, avaliação diagnóstica, plano de recuperação das aprendizagens e até de acolhimento aos alunos e famílias, em caso de retomada das atividades presenciais ou mesmo na orientação de ações remotas.

A resolução também diz que a Secretaria de Educação fará novas publicações para normatizar o que está determinado no novo calendário, como a forma de computar a carga horária de atividades remotas.

Aulas pela TV

Em nota, a Secretaria de Educação afirma que está implementando um programa de aulas remotas para os estudantes da rede municipal de ensino. O programa ainda tem detalhes em definição, mas haverá uma combinação de conteúdos fornecidos pela Secretaria de Estado da Educação, disponibilizados pela internet e pela TV Cultura, com materiais produzidos pela secretaria municipal.