SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | QUARTA-FEIRA, 27 DE OUTUBRO DE 2021
ESTRONDO NO CÉU

Caça supersônico sobrevoa região de Rio Preto

A aeronave, que está em testes na filial da Embraer, em Gavião Peixoto, região de Araraquara, é capaz de romper a barreira do som, de 337 m/s ou 1.216 km/h

Gabriel Vital
Publicado em 11/05/2021 às 21:32Atualizado em 06/06/2021 às 00:31
Caça Gripen é capaz de superar a velocidade do som (Divulgação/SAAB Brasil)

Caça Gripen é capaz de superar a velocidade do som (Divulgação/SAAB Brasil)

Moradores da região de Rio Preto ouviram estrondos no céu na manhã desta terça-feira, 11. Alguns usaram as redes sociais para relatar que também sentiram tremores nas paredes, portas e janelas devido aos testes do novo caça da Força Aérea Brasileira, o F-39E Gripen, que tem sobrevoado a região de Rio Preto. Os relatos vieram de cidades como Urupês, Ibirá, Uchôa, Cedral, Potirendaba, Poloni, Catanduva e Tabapuã.

A aeronave, que está em testes na filial da Embraer, em Gavião Peixoto, região de Araraquara, é capaz de romper a barreira do som, de 337 m/s ou 1.216 km/h. Quando isso acontece, provoca estrondos no céu e os moradores podem sentir tremores.

A Saab Brasil, empresa sueca responsável pela fabricação do caça Gripen, confirmou que realizou ensaios em voo supersônico na manhã de terça e explicou que os voos seguem procedimentos definidos pelas autoridades e são realizados em grandes altitudes, acima de 5 mil metros. Os testes são realizados a noroeste da base de Gavião Peixoto e, por isso, a aeronave passa pelas regiões de Catanduva e Rio Preto.

"Voar mais rápido do que a velocidade do som cria uma onda sonora diferente, um estrondo sônico, que pode parecer mais um trovão do que uma aeronave passando. É possível que os moradores da região ouçam esse barulho durante os testes com o novo caça brasileiro. Temos o cuidado de garantir que esses voos supersônicos sejam realizados em áreas de teste designadas, em coordenação com as autoridades aeronáuticas conforme os procedimentos da Força Aérea Brasileira", explicou Sven Larsson, head do Centro de Ensaios em Voo do Gripen, da Saab, por meio de nota.

Segundo a empresa, a campanha de ensaios é essencial para testar o desempenho e as funções da nova aeronave, dando continuidade aos procedimentos de certificação e aceitação da aeronave, que chegou ao Brasil em setembro de 2020.

Susto

A dona de casa Maria Luiza Franzin moradora de Urupês, conta que sentiu dois tremores. Ela conta que primeiro escutou um barulho parecido com uma explosão e, logo em seguida, o tremor. "Foi uma coisa muito estranha. Eu estava aqui em casa quando começou a tremer tudo. Tremeu as portas, telhado, janelas, parecia que vinha do céu. Ficamos assustados. Até saímos na rua para ver o que estava acontecendo."

 
Copyright © - 2021 - Grupo Diário da Região.É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Desenvolvido por
Distribuido por