Briga em bar termina em assassinato em Rio Preto

VIOLÊNCIA

Briga em bar termina em assassinato em Rio Preto

O autor das facadas, um pedreiro de 55 anos, tentou fugir, mas foi preso quando ligou para a esposa, enquanto ela prestava esclarecimentos para a polícia sobre o paradeiro dele


Um homem de 33 anos morreu esfaqueado após uma briga em um bar da Vila Boa Esperança, em Rio Preto, na noite desta sexta-feira, 9. A vítima, Julio Cesar Souza, chegou a ser socorrida pelo resgate, mas acabou não resistindo aos ferimentos causados pela lesão. O autor das facadas, um pedreiro de 55 anos, tentou fugir, mas foi preso quando ligou para a esposa, enquanto ela prestava esclarecimentos para a polícia sobre o paradeiro dele.

De acordo com informações do boletim de ocorrência, durante uma discussão entre os dois homens, a vítima teria empurrado o autor, que caiu no chão. Ao se levantar, o pedreiro prometeu voltar. Quando retornou ao bar com uma faca, durante uma nova discussão, ele desferiu golpes de faca contra a vítima, que apesar do socorro, acabou não resistindo as lesões.

Em buscas pela região, os policiais encontraram a faca que o autor do crime utilizou. Na sequência, após informações obtidas com populares, os policiais descobriram o endereço do pedreiro. Na casa dele, policiais encontram somente a esposa. Enquanto os policiais conversavam com a mulher, o autor do crime ligou para ela e, em negociações com a polícia, resolveu se estregar.

O dono do estabelecimento comercial prestou depoimentos, assim como seu filho, que também estava no local no momento do crime.