Basílica de Rio Preto terá missas com reserva e sem lotação

DEVOÇÃO

Basílica de Rio Preto terá missas com reserva e sem lotação

É a primeira vez em 87 anos que a Basílica Menor de Nossa Senhora da Conceição não vai estar lotada em 12 de outubro


Everton, com os pais Nilza e Aparecido: neste ano, não vão poder ir à Basílica em Aparecida devido à pandemia
Everton, com os pais Nilza e Aparecido: neste ano, não vão poder ir à Basílica em Aparecida devido à pandemia - Johnny Torres 9/10/2020

Pela primeira vez em seus 87 anos de fundação, a Basílica Menor de Nossa Senhora da Conceição não vai estar lotada em 12 de outubro, Dia da Padroeira do Brasil. Em tempo de pandemia de coronavírus, o comparecimento nas missas será limitado, não vai ter quermesse e nem a tradicional procissão com a imagem da santa.

Estão programadas oito missas, das 24h às 19h, na Basílica em louvor a Aparecida. Entretanto, para evitar a proliferação do coronavírus, a capacidade da igreja foi reduzida de 550 para 120 pessoas.

Só poderão entrar na Basílica pessoas que reservaram lugares na casa paroquial, pelo fone (17) 3231-2050, ou no link à disposição na página da igreja no Facebook.

Padre Cleomar da Silva, 51 anos, que há sete celebra missas na Basílica, diz se sentir triste em não poder receber todos os fiéis no dia da padroeira. "Infelizmente, vamos barrar quem não estiver na lista. Não queríamos fazer isso, mas devemos respeitar as recomendações da saúde pública e evitar a aglomeração", diz o sacerdote.

O bispo diocesano Dom Tomé Ferreira da Silva vai celebrar a missa das 9h. Uma carreata, tendo a imagem da padroeira à frente, vai acontecer acontecer após a última celebração do dia, marcada para as 19h.

A carreata vai percorrer as ruas principais do bairro Boa Vista, onde está a Basílica. Os fiéis serão orientados a irem embora logo após a conclusão do trajeto.

As restrições impostas pela pandemia também vão manter a 578 quilômetros de distância o aposentado Aparecido Bonafé, 61 anos, do Santuário de Nossa Senhora Aparecida, no Vale do Ribeira.

"Meus pais eram devotos e me batizaram de Aparecido em homenagem à santa. Foi Nossa Senhora Aparecida que curou meu filho (Everton), com um ano de idade da meningite. Há 35 anos, vou até lá para pagar a promessa que fiz. Este ano não vou poder", lamenta o aposentado.

Membro dos Vicentinos, Aparecido e a mulher, Nilza, também participariam de um encontro anual da Basílica nacional, que foi adiado de abril de 2020, para julho de 2021.

Outro devoto de Aparecida, o auxiliar de compras Pedro Bacci, 28 anos, diz que desde criança já ia para o Santuário em companhia dos pais, mas não se sente frustrado pelo fato do risco do Covid-19 ter adiado as romarias para 2021.

"Haverão outros momentos para ir até ao Santuário Nacional em Aparecida e poder colher os bens espirituais daquele lugar, pedir e acima de tudo agradecer por tantas graças. Por hora, poderemos tranquilamente celebrar este dia de outras formas", diz o devoto. Para comemorar a data, ele pretende ir a uma missa nas paróquias de Rio Preto.

Neste ano, estão suspensas todas as missas presenciais na Basílica nacional em Aparecida. Celebrações só poderão ser acompanhadas pelas transmissões feitas pela TV Aparecida e pelos perfis oficiais do Santuário em redes sociais.

A Basílica em Aparecida está aberta a visitação das 12h às 17h, mas apenas 50 pessoas podem permanecer por apenas três minutos. Também será permitida visitação à imagem Nossa Senhora até as 21h. Em ambos os casos, todos deverão obrigatoriamente usar máscaras.

Os padres irão fazer benção dos devotos, fora da basílica, em espaços ao ar livre. Para evitar aglomeração, serão permitidos apenas 2 mil veículos, carros ou ônibus no estacionamento do centro religioso católico.

 

Veja os horários de missa na Basílica de Nossa Senhora Aparecida

  • Meia-noite (de domingo para segunda)
  • 6 horas
  • 9 horas - celebrada pelo bispo Dom Tomé Ferreira
  • 11 horas
  • 13 horas
  • 15 horas
  • 17 horas
  • 19 horas

É necessário fazer agendamento na secretaria paroquial pelo fone (17) 3231-2050 ou pelo link da Basílica no Facebook