MP pede para fechar acessoa cachoeira

Do talhadão

MP pede para fechar acessoa cachoeira


O promotor de Justiça Gustavo Yamaguchi Miyazaki recomendou à prefeitura de Palestina que providencie, em três dias, o bloqueio do acesso à cachoeira do Talhadão para evitar aglomeração de pessoas, como ocorreu no final de semana passado. O receio do Ministério Público é que tanta gente no mesmo lugar cause a proliferação do coronavírus. Imagens da cachoeira lotada, com a maioria das pessoas sem máscara, viralizaram nas redes sociais.

O MP também recomenda que a prefeitura use todos os meios de comunicação para informar que o turismo na cachoeira está proibido. Para saber se as medidas estão sendo adotadas, o promotor quer receber um relatório de fiscalização.

A prefeitura de Palestina informou que desde o começo da quarentena fechou todas as estradas de acesso à cachoeira, mas o local estaria sendo acessado por meio de corredores em plantações de cana e por moradores de outras cidades. Para impedir novas invasões, a prefeitura teria solicitado apoio da Polícia Militar.