Moradores reclamam de vazamento de água em Rio Preto

RACIONAMENTO

Moradores reclamam de vazamento de água em Rio Preto

O problema começou com um vazamento de água no quarteirão, que jorrava água potável pela rua, em pleno período de racionamento


Vazamento de 
água na região do bairro Castelinho
Vazamento de água na região do bairro Castelinho - Johnny Torres 7/10/2020

Moradores da rua Francisco Lamosa de Jesus, na região do bairro Castelinho, reclamam que estão há três dias sem fornecimento de água. Para sobreviver, eles pegam água emprestado em casa de parentes e tomam banho de "canequinha". O problema começou com um vazamento de água no quarteirão, que jorrava água potável pela rua, em pleno período de racionamento.

Uma das moradoras que foram prejudicadas, a decoradora Daiane Perin, 34 anos, afirma que o vazamento começou na tarde de domingo, 4. É tanta água que chegou a formar poças em vários trechos do quarteirão.

"Depois de pedir muitas vezes, veio no final da tarde uma equipe do Semae, que abriu um buraco bem na frente da minha garagem. Os funcionários foram embora, ficou o buraco e a falta de água. Além de não resolver, só aumentou o problema", diz.

Outra moradora, a diarista Dulce Silva, 45 anos, diz ser um absurdo o Semae impor racionamento de água, enquanto não acaba com o vazamento. "Se fosse a gente a desperdiçar tanta água, vinha uma baita multa. Como é o Semae que está fazendo isso, não vai acontecer nada", critica a moradora. Nesta terça, o Semae aumentou o período de racionamento para das 13h às 22h, para 18 regiões da cidade, e anunciou que vai notificar e, em caso de reincidência, vai multar quem for flagrado desperdiçando água.

A diarista, que mora com mais três familiares, afirma que desde segunda-feira, 5, todos estão tomando banho de "canequinha", em que eles usam um balde e uma caneca para jogar água no corpo.

Após questionamento da reportagem, o Semae informou que mandaria uma equipe até o local. "O reparo já foi concluído. O problema está solucionado. Neste momento, o bairro está sendo atingido pelo racionamento," informou por meio de nota.