Polícia vai investigar morte de agricultor

Sítio em Potirendaba

Polícia vai investigar morte de agricultor


Um homem de 56 anos morreu nesta quarta-feira, 7, quando tentava apagar chamas de um incêndio de um galpão de sua propriedade rural, no bairro Cana do Reino, em Potirendaba. Um inquérito policial foi aberto na delegacia da cidade, para apurar quais foram as circunstâncias do óbito. A suspeita é de choque elétrico.

A morte do agricultor Valdecir Modesto de Oliveira foi registrada no plantão policial de Cedral. O delegado de plantão, Marcelo Ferrari, afirma que o relato de que o homem morreu em decorrência de um choque foi feito por familiares da vítima. O homem chegou a ser encaminhado para o pronto-socorro do hospital de Potirendaba, mas morreu em decorrência dos ferimentos.

"O caso demanda mais apuração, porque o médico que examinou a vítima não conseguiu encontrar no corpo sinais físicos de entrada e saída da descarga elétrica. Não foi possível colher mais detalhes da morte, porque os familiares estavam muito abalados durante apresentação do caso no plantão. Por isto, o corpo foi enviado para exame de necrópsia no Instituto Médico Legal de Rio Preto", diz o delegado.