PM registra duas tentativas de assassinato

RIO PRETO

PM registra duas tentativas de assassinato


A polícia de Rio Preto registrou duas tentativas de assassinato entre a noite de segunda-feira e a madrugada de terça. Um rapaz de 19 anos levou dois tiros na cabeça no Solidariedade e um homem foi esfaqueado pelo enteado no Santo Antônio. Os dois homens feridos estão internados em estado grave no Hospital de Base de Rio Preto.

O rapaz foi baleado quando caminhava pela calçada da avenida Esmeraldo Carolino, na noite de segunda. O autor do disparo estava na garupa de uma moto, sacou uma arma e fez os disparos que acertaram a vítima na cabeça. Logo em seguida, eles fugiram em alta velocidade.

O rapaz baleado foi levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Tangará. Devido à gravidade dos ferimentos, ele foi transferido ao HB em estado grave. Como não há pista dos autores, o caso será investigado pelo setor de homicídios da Deic de Rio Preto.

Na madrugada de terça-feira, 6, um adolescente de 17 anos foi apreendido pela Polícia Militar após ter esfaqueado o padrasto no abdômen. O jovem alega que cometeu a agressão para defender a mãe.

Segundo informações do boletim de ocorrência, a PM foi chamada até o endereço da família e deparou com o jovem caminhando pela calçada com parte da roupa suja de sangue. Ao perceber que poderia ser detido, ele tentou fugir, mas foi logo apreendido.

De acordo com a PM, o estudante teria confessado que esfaqueou o padrasto. O homem foi encontrado pelos policiais, caído dentro de casa, com sangramento, recebeu os primeiros socorros, depois foi encaminhado para o HB.

A irmã do rapaz defende o estudante, com o argumento de que ele agiu de forma desesperada para defender a mãe que sofre com a rotina de violência doméstica.

"Minha mãe até registrou boletim de ocorrência na Delegacia de Defesa da Mulher contra meu padrasto. Meu irmão é uma boa pessoa, aluno bom, mas só agiu assim, porque estava cansado de ver minha mãe ser agredida", diz a irmã.

O adolescente foi colocado em uma das celas da Central de Flagrantes e foi autuado por ato infracional de tentativa de homicídio. O caso dele será analisado pela Vara da Infância e da Juventude.