Semae adota racionamento de água a partir de hoje em Rio Preto

Racionamento de água

Semae adota racionamento de água a partir de hoje em Rio Preto

A partir desta quinta-feira, 17, das 13h às 20h, Rio Preto terá racionamento de água em 18 regiões, com cerca de 180 mil habitantes. Estiagem e aumento do consumo estão entre os motivos da medida


Vertedouro seco: Semae interrompeu 
a captação de 
água do lago 1
Vertedouro seco: Semae interrompeu a captação de água do lago 1 - Guilherme Baffi 15/9/2020

Cerca de 180 mil pessoas devem ficar sem água em Rio Preto a partir desta quinta-feira, 17, entre 13h e 20h. A medida faz parte do racionamento anunciado pelo Serviço Municipal Autônomo de Água e Esgoto (Semae) e atingirá moradores de 18 bairros e adjacências abastecidos pela Represa Municipal. Segundo a autarquia, os cortes são necessários por conta da estiagem e a consequente redução da oferta de água, além do aumento de consumo registrado nos últimos dias - até 375 litros de água por habitante por dia, quando o preconizado pela Organização das Nações Unidas (ONU) é 110.

De acordo com o Semae, o racionamento é uma forma de equilibrar a distribuição de água dos reservatórios que atendem aos bairros Boa Vista, Alto Rio Preto, Urano, Vila Maceno, Vila Diniz, Alto Alegre, Mançor Daud, São Judas, Eldorado, Solo Sagrado, Santo Antônio, Redentora, João Paulo, Castelinho, Maria Lúcia, Cidade Jardim, São Marcos, Higienópolis e adjascentes. "A autarquia vai fornecer água todos os dias para a população das 20h às 13h. Usando com parcimônia não vai faltar", afirmou a gerente de Operação e Manutenção de Água, Jaqueline Reis.

Neste ano, o racionamento de água foi decretado um mês antes da data dos cortes realizados em 2019. Segundo a gerente, é necessário fechar parcialmente as torneiras nesse momento por conta do alto consumo e a redução da disponibilidade de água superficial, o que segundo o Semae coloca todo o abastecimento em risco de colapso dos equipamentos. A última chuva significativa para o abastecimento foi registrada no final de junho, no dia 28, com 9,9 milímetros. Desde o início daquele mês até 15 de setembro, choveu apenas 18,55 milímetros na cidade.

Com menor oferta de água da Represa Municipal, o Semae deixou de captar água no Lago 1, onde houve um rebaixamento de 20 centímetros, e continua com a captação apenas no Lago 3, com uma redução de produção de água da Represa de 23%. "Numa época normal, captamos da Represa Municipal, que fornece água para a Estação de Tratamento de Água 'Palácio das Águas', 450 litros de água por segundo. Atualmente, estamos captando 300 litros por segundo", explicou Jaqueline.

Essa diferença de produção provoca o aumento de captação dos poços dos aquíferos Bauru e Guarani e, segundo o Semae, colocando o abastecimento da cidade no limite. "As pessoas têm de economizar água nesse período de seca. Rio Preto não pode continuar no ritmo que está", alertou a gerente. O aviso está relacionado a um consumo considerado como exagerado nas últimas semanas. Rio Preto gasta uma média de 250 litros. "Quando o ideal deveria ser entre 180 e 200 litros. No último final de semana, o Semae registrou um consumo de 375 litros de água/dia por pessoa em alguns bairros e condomínios da cidade", afirmou Jaqueline.

Sem chuvas consideráveis e permanentes, não há previsão para suspensão dos cortes. "Se o consumo diminuir, o Semae poderá diminuir o período de racionamento. Caso contrário, o período vai ser grande", disse a gerente. Enquanto isso, o correto é fazer como o aposentado Gilberto Pereira dos Santos, 70 anos. "Eu guardo água da máquina nos baldes ou no galão para usar depois. Lavo o quintal, uso no banheiro para descarga e já ajuda bastante", contou ao mostrar a água de reuso.

Cerca de 180 mil habitantes afetados

Período de racionamento: Das 13 às 20h

Regiões afetadas:

  • Santo Antônio
  • Maria Lucia
  • Solo Sagrado/Pinheiro
  • Eldorado
  • Boa Vista
  • Maceno
  • João Paulo 2º
  • Castelinho
  • Alto Alegre
  • Alto Rio Preto
  • Redentora
  • Vila Diniz
  • São Judas Tadeu
  • Higienópolis
  • Jardim Urano
  • Mançor Daud
  • São Marcos
  • Cidade Jardim

Alto Consumo

Média diária por pessoa em Rio Preto: 250 litros

Média nos últimos dias em alguns pontos: 375 litros

Média no Brasil: 154 litros

Preconizado pela ONU: 110 litros

Captação de água na Represa

  • Em condições normais: 450 litros por segundo
  • Hoje: 300 litros por segundo
  • Nível da Represa: 20 centímetros abaixo do normal

Sistema de captação de água

Represa - representa 25% do abastecimento de água em Rio Preto

Aquífero Guarani - representa 25% do abastecimento, com oito poços que fornecem de 70 a 125 litros de água por segundo. Ficam a 1,2 metros de profundidade

Aquífero Bauru - representa 50% do abastecimento, com 350 poços que fornecem de 6 a 8 litros por segundo. Ficam de 200 a 300 metros de profundidade

Índice pluviométrico

Janeiro

  • 2019: 47
  • 2020: 284

Fevereiro

  • 2019: 162
  • 2020: 277

Março

  • 2019: 168
  • 2020: 154

Abril

  • 2019: 130
  • 2020: 49

Maio

  • 2019: 21
  • 2020: 27

Junho

  • 2019: 8
  • 2020: 14

Julho

  • 2019: 23
  • 2020: 0
  • Agosto
  • 2019: 13
  • 2020: 0

Setembro

  • 2019: 82
  • 2020: 0

Outubro

  • 2019: 59
  • 2020: 0

Novembro

  • 2019: 57
  • 2020: -

Dezembro

  • 2019: 350
  • 2020: -

Acumulado

  • 2019: 1.120
  • 2020: 805

Previsão do tempo para os próximos dias

Quinta-feira, 17: de 19° a 38°, sem chance de chuva

Sexta-feira, 18: de 21° a 37°, sem chance de chuva

Sábado, 19: de 20° a 37°, com 10% de probabilidade de chuva

Domingo, 20: de 17° a 31°, com 20% de probabilidade de chuva

Economize

  • Feche o registro do chuveiro para se ensaboar. Isso pode gerar uma economia de 70%, além de serem necessários apenas cinco minutos para um banho bem tomado
  • Escove os dentes sem deixar a torneira aberta. Fechando-a você usa cerca de apenas 1 litro de água e, do contrário, aproximadamente 12 litros de água podem estar indo pelo ralo
  • Raspe bem os pratos antes de lavar a louça. Isso facilita a limpeza e exige menos água. Ensaboar o máximo de louças possível antes de abrir a torneira pode garantir que você poupe até 90 litros de água em 15 minutos
  • Opte por limpar calçada ou quintal com vassouras e panos. Caso realmente necessite utilizar água, reutilize a dispensada pela máquina de lavar roupas e a coleta da chuva
  • Instale torneiras e registro com menor fluxo de água e melhor sistema de distribuição. Nos prédios, por exemplo, a pressão da caixa d'água pela altura pode fazer com que os fluxos tenham mais força e gastem mais

Fontes - Semae e Planeta Água

O tempo voltou a ficar mais quente nesta quarta-feira, dia 16, na região. Na estação meteorológica da Cetesb, no bairro Eldorado, a máxima foi de 35,3 graus, às 16h. A umidade relativa do ar chegou na mínima de 23%, entre 15h e 18h, enquanto a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda umidade a partir de 60% como boa para a saúde.

A direção dos ventos nesta quarta-feira, segundo o aplicativo meteorológico Windy, seguia sentido oceano, diferentemente da direção de terça-feira, o que proporcionou um dia com manhã e tarde com temperaturas mais quentes.

O Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos prevê dias quentes em Rio Preto até no sábado, 19, com temperaturas entre 18 e 37 graus. No domingo, 20, segundo o CPTEC, os dias começam a ficar mais frescos, com termômetros variando entre 15 e 31 graus até na terça-feira, 22.

Na quarta-feira, 23, o tempo volta a esquentar com máximas de 37 graus e na quarta-feira, 24, é o dia que a chuva deve chegar em Rio Preto e na região. A precipitação, com pancadas isoladas, não deve interferir de forma significativa no calor, e deve voltar no sábado, dia 26. Pelo Windy, é possível ver que as chuvas, com até 20 milímetros, já estão sob o Sul do País, no estado do Rio Grande do Sul. (FP)