Rio Preto confirma mais sete mortes pela Covid-19

PANDEMIA

Rio Preto confirma mais sete mortes pela Covid-19

Cidade chegou a 534 óbitos e a 19.566 casos confirmados


Covid-19
Covid-19 - Pixabay/Banco de Imagens

A Secretaria de Saúde de Rio Preto confirmou nesta segunda-feira, 14, mais sete mortes por coronavírus, totalizando 534 óbitos por complicações da doença. No domingo, 13, outras sete mortes haviam sido contabilizadas. O índice de mortalidade está em 2,7%.

Na segunda-feira, foram confirmados 49 casos de coronavírus - sendo 44 por PCR (feito nos primeiros dias de sintomas da doença, indicando infecção recente) e outros cinco por teste sorológico (o chamado teste rápido, indicando que o paciente já está há vários dias doente, possivelmente próximo da cura).

Assim, são 19.566 casos confirmados desde o início da pandemia no município, em 12 de março. O coeficiente de incidência está em 4.247 casos por cem mil habitantes. Foram testados 70.424 (87%) pacientes do total de 80.888 que procuraram os sistemas público e privado de saúde com algum sintoma gripal.

A média móvel de casos ficou em 151,8 novas ocorrências por dia, em média, na última semana, e 6,86 mortos em média. Do total de pacientes com Covid-19 confirmada, 16.639 (85%) são considerados recuperados e já não podem mais transmitir a doença. Foram registrados 2.108 casos de síndrome respiratória aguda grave (SRAG), doença pulmonar severa, ou seja, 10,7% dos pacientes precisaram de internação em enfermaria ou UTI.

O secretário de Saúde, Aldenis Borim, diz que é difícil precisar quando a quantidade de mortes vai começar a reduzir. "Estamos com uma média alta lá de trás de pacientes que estão internados complicados. Temos muitos pacientes idosos internados, na UPA tem pacientes de cem anos. Demora muito mais para se recuperar", afirma. "Esses óbitos a gente sabia que iam ser os últimos a cair, mas está demorando."

No domingo, foram confirmados 156 casos de Covid-19. Embora a Saúde fale em redução do número de casos registrados, Borim mostra preocupação com as aglomerações que tem visto pela cidade. "Não tem como a Vigilância olhar tudo. Com aglomerações, com certeza pode vir uma segunda onda. O duro é que essa segunda onda costuma ser maior que a primeira, tem estudos. Singapura é um bom exemplo. Portugal está com índices de abril, estão tomando medidas extremamente restritivas", pontua.

Conforme a Secretaria de Saúde, havia no domingo, 295 pacientes internados com síndrome respiratória aguda grave (SRAG), doença pulmonar severa. Desses, 185 estavam em enfermaria e 110 em unidades de terapia intensiva (UTI). A Saúde não informa quantos deles tinham Covid-19.

Na região, o índice de ocupação dos leitos de UTI voltou a cair e chegou a 62,1%. Embora boa parte dos pacientes possa ter melhorado e ido para a enfermaria ou mesmo tido alta hospitalar, o índice foi reduzido também porque muitas pessoas faleceram.

Além de Rio Preto, 26 cidades da região confirmaram mortes pela Covid-19. Em Catanduva, foram mais quatro registros, de uma idosa de 74 anos e homens de 44, 45 e 75 anos. O município totaliza 120 óbitos.

Novo Horizonte e Severínia registraram mais duas mortes cada e chegaram a 11 vítimas. Em Santa Fé do Sul, a 32ª vítima é um homem de 62 anos, com comorbidades.

O quarto óbito foi confirmado em Santa Adélia em uma idosa de 78. Ariranha, Catiguá, Dolcinópolis, Nova Aliança e Paraíso também tiveram a quarta confirmação. Em Nova Granada, a 10ª vítima é um idoso de 70.

Mesópolis e São João de Iracema registraram o primeiro óbito. Nova Canaã Paulista, o segundo; Embaúba e Neves Paulista, o terceiro; Ouroeste, o quinto; Cedral, o sétimo; Itajobi, o oitavo; Pindorama, o nono; Bady Bassitt, o 16º e Guapiaçu, o 23º. Macedônia, Ubarana, Palmeira d'Oeste e Ilha Solteira.

(Colaborou Ingrid Bicker)

Departamento Regional de Saúde (DRS) de Rio Preto até 14/9/2020 (inclui 102 cidades)

Ocupação de leitos na DRS

  • Enfermaria: 47,3%
  • UTI: 62,1%
  • 73 novas internações no dia 14/9

Ocupação de leitos no Estado

  • Enfermaria: 37,1%
  • UTI: 51,1%

Internações de pacientes de Rio Preto em 13/9

  • 295 pacientes
  • Enfermaria: 185
  • UTI: 110

Hospitais de Rio Preto

Hospital de Base (inclui pacientes da região)

  • Enfermaria (195 vagas): 107 pacientes (54,8% de ocupação)
  • UTI (145 vagas): 107 pacientes (73,7% da ocupação)

Hospital da Criança

  • Enfermaria (30 vagas): 6 pacientes
  • UTI (14 vagas): 1 paciente

Santa Casa

  • Enfermaria (59 vagas): 26 pacientes (44%)
  • UTI (51 vagas): 36 pacientes (70,5%)

Hospital de Jaci

  • UTI (dez vagas): 4 pacientes
  • Enfermaria (22 vagas): 4 pacientes

UPA Jaguaré

  • UTI (30 vagas): 4 pacientes
  • Enfermaria (15 vagas): 15 pacientes

UPA Santo Antônio

  • UTI (8 vagas): 8 pacientes

UBS Anchieta

  • Enfermaria (20 vagas): 3 pacientes