Para afastar o calor, animais do Bosque de Rio Preto ganham até 'sorvete'

EM RIO PRETO

Para afastar o calor, animais do Bosque de Rio Preto ganham até 'sorvete'

Funcionários congelam suco de frutas e até carne moída ou frango para fazer sorvete para os animais


Onça-parda saboreia o sorvete na tarde desta sexta-feira, no Bosque de 
Rio Preto
Onça-parda saboreia o sorvete na tarde desta sexta-feira, no Bosque de Rio Preto - Guilherme Baffi 11/9/2020

Apesar de ser uma estação caracterizada pelas quedas nas temperaturas, o inverno deste ano foi marcado na região pelo oposto: tempo seco, baixa umidade relativa do ar, sem chuvas e com altas temperaturas. Rio Preto registrou nesta sexta-feira, 11, o recorde de temperatura do ano, segundo as medições da Cetesb, chegando aos 37,7 graus. As chances de chuva só estão previstas para o próximo final de semana.

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) colocou a região no Alerta Laranja, indicando perigo, e algumas cidades no Vermelho, como Jales e Fernandópolis, com risco ainda maior à saúde e ao meio ambiente.

A Defesa Civil Estadual também emitiu o aviso de risco, com previsão de elevadas temperaturas, sensação de calor intenso e baixa umidade relativa do ar em todo o estado de São Paulo. Esse calor, segundo a coordenadoria, é decorrente dos ventos que sopram do interior do continente somados à presença do sol e à ausência de nuvens.

Segundo o meteorologista do Inmet Marcelo Schneider, a previsão é que os próximos dias continuem registrando temperaturas altas, com máximas entre 35 e 37 graus. "O tempo segue quente e seco nos próximos dias, pelo menos até a próxima quinta-feira, dia 17. A umidade deve ficar com mínima à tarde entre 12% e 15%. Depois de quinta, aumenta esse percentual."

Nesta sexta, segundo a Cetesb, a umidade ficou em 17%, na medição na sede da companhia, no Eldorado. No Aeroporto, o índice foi ainda mais baixo: 10%. A Organização Mundial Saúde (OMS) considera taxas acima de 60% como ideal para a saúde.

O meteorologista ainda fala sobre as chances de chuva na região, que só aparecem nos dias próximos à chegada da primavera, que inicia no dia 22 de setembro. "A chance de chuva isolada começa a aparecer no próximo final de semana, nos dias 18 e 19 deste mês", afirma.

Refresco animal

Os animais do Zoológico Municipal de Rio Preto também estão sofrendo com a onda de calor dos últimos dias na região. Por isso, algumas medidas foram incluídas para tentar amenizar a situação, como oferecer sorvete a eles. "Nós fazemos um suco com as frutas que temos e congelamos, para virar sorvete. Também pegamos aquele 'suco' da carne moída ou de frango para fazer sorvete aos carnívoros, que gostam bastante", explica o biólogo do local, Samuel Villanova Vieira.

Segundo ele, todos os animais recebem os sorvetes, mas é preciso evitar e tomar alguns cuidados a mais em casos como o da ema e do tucano, que bicam e engolem as comidas de uma vez. "Temos que colocar em estruturas maiores para esses animais também aproveitarem, porque senão tem o risco deles sofrerem irritações ou queimaduras."

O biólogo ainda menciona que é importante realizar essas alternativas de enriquecimento ambientar para deixar o local mais confortável para os animais. "Eles não sofrem tanto calor quanto nós, humanos, mas mesmo assim é necessário mantê-los refrescados, para amenizar um pouco."

Além do sorvete, o zoológico fornece frutas e os funcionários trocam a água dos animais frequentemente.

Cuidados especiais também são necessários com as crianças. Principalmente quando se tem alguma doença respiratória. É o caso da pequena Isabela Smarsi, de 7 anos, que tem rinite alérgica.

"A rinite dela ataca com esse tempo muito seco e, se não cuidar, ela fica com tosse. É perigoso agravar e dar bronquite e asma. Então, estamos fazendo bastante inalação com soro fisiológico", conta a mãe, Marlua Smarsi.

(Colaborou Ingrid Bicker)

Para lidar com essa onda de calor que atingiu a região e ainda está prevista para os próximos dias, é necessário tomar alguns cuidados. Especialistas afirmam que o mais importante é sempre se manter hidratado.

De acordo com a pneumo-pediatra Isabella de Lalibera Bellintani, além do tempo seco, as queimadas que estão acontecendo frequentemente na região prejudicam ainda mais a respiração das pessoas, principalmente daquelas que já possuem algum problema respiratório. Por isso, é preciso ingerir bastante líquido durante todo o dia e redobrar os cuidados.

"É importante utilizar umidificador no ambiente, se possível, durante o dia e a noite. Quem não possui o aparelho pode utilizar toalha molhada ou uma bacia com água. Aqueles que têm criança em casa precisam prestar atenção caso optem pela bacia, para não correr o risco de afogamento."

Além disso, a médica afirma que usar roupas frescas, fazer a lavagem no nariz com soluções fisiológicas e manter a casa arejada amenizam o tempo seco.

O coronel da Defesa Civil, Carlos Lamin, também menciona algumas dicas para as pessoas colocarem em prática durante esse período. "Hidratar-se com água e suco, evitar exposição prolongada ao sol, colocar soro fisiológico nas narinas e nos olhos e não praticar esportes entre 13h e 18h, que é quando o ar tem maior quantidade de poluentes." (IB)

Sexta-feira, 11/9

  • Temperatura máxima nesta sexta: 37,7° (a maior do ano em Rio Preto, segundo medições da Cetesb)
  • Umidade relativa do ar: 17% segundo a Cetesb

Sábado, 12/9

  • Previsão: 21° a 38°
  • Sem chance de chuva

Domingo, 13/9

  • Previsão: 19° a 37°
  • Sem chance de chuva

Segunda-feira, 14/9

  • Previsão: 18° a 37°
  • Sem chance de chuva

Alerta

  • Inmet emitiu alerta para uma onda de calor que vai atingir o País, principalmente no Centro-Oeste e em regiões do Sudeste

Alerta Laranja

  • Temperaturas até 5 graus acima do normal
  • Situação meteorológica perigosa
  • Região afetada: Rio Preto, Votuporanga, Catanduva, Novo Horizonte, Olímpia, Barretos

Alerta Vermelho

  • Umidade relativa do ar abaixo de 12%
  • Situação meteorológica de grande perigo.
  • Região afetada: Fernandópolis, Jales, Ilha Solteira, Pereira Barreto