Olímpia decide não reabrir escolas agora

Educação na pandemia

Olímpia decide não reabrir escolas agora


Escolas das redes pública e privada voltaram a funcionar nesta terça-feira, 8, em 128 municípios paulistas. Na região de Rio Preto, nenhuma escola está permitida a funcionar, já que a região está há menos de uma semana na fase amarela - para poder abrir as unidades, o Departamento Regional de Saúde (DRS) tem de estar há pelo menos 28 dias ininterruptamente na fase amarela.

Em cidades da região que pertencem a DRS de Barretos e já podem abrir as escolas, prefeituras decidiram continuar com elas fechadas. É o caso de Olímpia que não retornou as atividades de recuperação nesta terça-feira, após uma enquete apontar que a maioria dos pais é contrário à retomada das atividades presenciais.

Por meio de nota, a Prefeitura de Olímpia disse que ainda não há nenhuma definição sobre o retorno das aulas presenciais neste ano e que, por enquanto, as atividades continuam em caráter remoto. "No último mês, o município realizou uma pesquisa de opinião popular, por meio de enquete, a respeito do tema, que apontou que 94% dos moradores que participaram são contra a volta das atividades presenciais neste ano", informou.

Em ato recente também, o município já havia manifestado a sua decisão prévia de manter as atividades remotas, "primando pela segurança e saúde dos 6 mil alunos da rede, professores e funcionários, tendo em vista que Olímpia ainda está em um momento crítico em relação ao contágio pela Covid-19 e que seria inviável retornar as aulas apenas para cumprir alguns meses de ano letivo presencialmente, considerando ainda que a retomada deve ser feita gradualmente, ou seja, com a presença parcial dos alunos", completou a nota.

A autorização dada pelo governo estadual para a retomada das atividades presenciais permite a retomada de apenas parte das atividades presenciais, como aulas de reforço e recuperação, orientação de estudos, tutoria pedagógica; plantão de dúvidas, avaliação diagnóstica e formativa, atividades esportivas e culturais e acolhimento emocional.