Prefeitura de Santa Fé libera bares
Ademir Maschio, prefeito de Santa Fé do Sul, durante live que anunciou novo decreto
Ademir Maschio, prefeito de Santa Fé do Sul, durante live que anunciou novo decreto - Reprodução

A prefeitura de Santa Fé do Sul flexibilizou o decreto de combate ao coronavírus e passou a permitir o atendimento presencial em restaurantes, lanchonetes, açougues e salões de beleza. O decreto, assinado pelo prefeito Ademir Maschio (MDB), foi publicado no diário oficial do município na sexta-feira, 31, e já está em vigor. A Santa Casa da cidade tem onze pessoas internadas.

Segundo o próprio decreto, as medidas foram tomadas após reunião com vereadores, Associação Comercial e Empresarial de Santa Fé do Sul, empresários e a sub-comissão de Gerenciamento ao Combate da Covid-19 da cidade. A ata da reunião, feita no dia 30 de junho, foi entregue à Prefeitura, que acatou parte das sugestões.

Segundo o texto, os bares, restaurantes e lanchonetes poderão funcionar das 9h às 22h com presença de público. A capacidade dos estabelecimentos está limitada a 20% do total. O mesmo vale para os açougues. As padarias poderão abrir das 9h às 18h. Os salões de beleza e academias também estão com o funcionamento liberado sem restrição de horário.

O comércio tem o funcionamento liberado das 9h às 18h. Santa Fé do Sul pertence à Direção Regional de Saúde de Rio Preto, que está na fase laranja do Plano SP, que não permite a abertura do comércio por mais de quatro horas diárias e impede a abertura de bares e restaurantes para atendimento presencial.

A Santa Casa de Santa Fé do Sul conta com 15 leitos destinados ao atendimento de infectados com covid-19, sendo 10 de enfermaria e cinco de UTI, sendo que de acordo com o último boletim da Santa Casa, quatro estão ocupados.