Justiça do Trabalho manda fechar unidade dos Correios em Rio Preto

EM RIO PRETO

Justiça do Trabalho manda fechar unidade dos Correios em Rio Preto

Decisão foi tomada depois que um funcionário testou positivo para coronavírus


Centro de Distribuição Domiciliária (CDD) Urano, localizada na Vila Sinibaldi
Centro de Distribuição Domiciliária (CDD) Urano, localizada na Vila Sinibaldi - Reprodução Google

O Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região, por meio da 4ª Vara de Rio Preto, mandou fechar uma unidade dos Correios, depois que um funcionário testou positivo para coronavírus. O trabalhador atua como carteiro no Centro de Distribuição Domiciliária (CDD) Urano, na rua Capitão José Maria, na Vila Sinibaldi. A determinação atende pedido do Sindicato dos Trabalhadores dos Correios de Rio Preto e região (Sintect) que procurou a Justiça na última quarta-feira, 29. Segundo a entidade, o funcionário foi afastado no dia 27, quando saiu o resultado positivo da doença.

A juíza do trabalho Priscila Gil de Souza Murad determinou o fechamento da unidade por 15 dias sem prejuízo de remuneração dos trabalhadores, sob pena de multa diária de R$10 mil por descumprimento. O documento requer, ainda, que todos os trabalhadores sejam submetidos a testes para Covid-19, segundo publicação no diário oficial da Justiça desta sexta, 31.A empresa também deverá providenciar a limpeza imediata e intensiva do local. Ainda de acordo com a liminar, os empregados que obtiverem resultado negativo do teste deverão ser notificados, com antecedência mínima de 24 horas, para retornarem ao trabalho presencial.

Em outra ação, o sindicato exigiu o fechamento da Agência Central localizada na rua Prudente de Moraes, na região central da cidade, depois que uma atendente também testou positivo para Covid-19. Neste caso, a Justiça deu prazo de cinco dias para a estatal se manifestar. Procurada por meio de sua assessoria, os Correios não se manifestou até o fechamento desta edição.