TOR apreende 9,3 toneladas de maconha em Rio Preto

TRÁFICO

TOR apreende 9,3 toneladas de maconha em Rio Preto

Droga estava escondida em caminhão e motorista foi preso em flagrante


Policiais rodoviários fiscalizam caminhão onde a droga - nove mil tijolos - estava escondida. À esquerda, buraco feito no veículo para facilitar a retirada da droga: foram necessárias três horas para retirar todo o entorpecente
Policiais rodoviários fiscalizam caminhão onde a droga - nove mil tijolos - estava escondida. À esquerda, buraco feito no veículo para facilitar a retirada da droga: foram necessárias três horas para retirar todo o entorpecente - Guilherme Baffi 28/7/2020

Policiais do Tático Ostensivo Rodoviário (TOR), da Polícia Rodoviária Estadual (PRE), apreenderam na noite desta segunda-feira, 27, um caminhão-tanque carregado com 9,3 toneladas de maconha, na rodovia Washington Luís (SP-310), em Rio Preto. O motorista, de 27 anos, foi preso em flagrante por tráfico de drogas - ele não teve o nome divulgado. Esta é a maior apreensão de entorpecentes da história da PRE em Rio Preto, segundo a corporação.

O caminhão foi parado durante uma fiscalização de rotina, na base da PRE, às margens da rodovia Washington Luis.

O sargento Pedro Henrique Cotrim afirma que de início já estranharam o veículo, porque apesar de ser um caminhão-tanque usado no transporte de água em usinas de etanol, não havia sinais de que transportava qualquer líquido.

"Em geral, sempre saem gotas de água destes caminhões, mas isso não acontecia. Outra coisa é que caminhão que passa por canaviais costuma estar sujo de terra e ele estava limpinho. Ficamos desconfiados", diz o sargento.

Os policiais também estranharam o comportamento do caminhoneiro, que teria passado a tremer quando foram solicitadas a CNH e a documentação do veículo. Para tirar a dúvida sobre o que era transportado, os policiais pediram para o motorista destravar uma das escotilhas de acesso ao tanque. No lugar de água, o caminhão estava carregado com 9.402 tijolos de maconha embrulhados em plástico preto.

O motorista disse que pegou o caminhão em Três Lagoas (MS) e iria deixá-lo na rodovia dos Bandeirantes, em Cordeirópolis (SP).

"Depois de constatarmos o tráfico de drogas, o motorista resolveu confessar que iria receber R$ 7 mil e teria sido contratado por uma pessoa para dirigir o caminhão até Cordeirópolis, região de Campinas," disse o oficial.

O motorista foi levado junto com o caminhão para sede a da Polícia Federal de Rio Preto, onde a ocorrência foi registrada.

Os policiais rodoviários tiveram de pedir ajuda do Corpo de Bombeiros para serrar parte do tanque, para assim ter acesso a todos os tijolos de drogas escondidos no veículo. Toda operação de retirada do entorpecente durou cerca de três horas.

"Estes caminhões tipo pipa têm compartimentos subdivididos no interior. As pessoas que carregaram a droga foram muito meticulosas para aproveitar todo o espaço interno do tanque", diz o sargento.

De acordo com o comando da PRE, esta é a maior apreensão de maconha feita pela corporação na região de Rio Preto. A segunda maior ocorreu no dia 13 de junho deste ano, na rodovia Assis Chateaubriand, quando um caminhão tanque foi apreendido com 6,8 toneladas de maconha escondidos.

Para a Policia Rodoviária, a apreensão deste segunda-feira, 27, pode obrigar os traficantes a buscarem uma nova rota para evitar o patrulhamento da região.

O motorista foi interrogado pela Polícia Federal, que vai tentar descobrir quem são os contratantes e chegar até a quadrilha de traficantes.

Um trio foi preso em flagrante com drogas pela Polícia Militar, na noite desta segunda-feira, 27. Os detidos - dois homens e uma mulher - estavam com 13 tijolos de maconha dentro do veículo, na avenida Hélio Negreli, no bairro Jardim Tarraf 2.

Segundo informações do boletim de ocorrência, a polícia abordou o veículo após notar atitude suspeita, e realizou a busca dentro do carro. Os policiais encontraram uma caixa onde estavam 13 tijolos de maconha. Um dos homens e a mulher alegaram saber da droga. O outro homem informou que pegou carona com a dupla e não sabia.

Eles informaram que pegaram a droga na zona Norte de Rio Preto e deixariam em um local no Jardim Tarraf 2. Os dois afirmaram que receberiam R$ 500 pelo transporte e, além disso, um dos indiciados informou que o veículo era da nora dele e que a proprietária não sabia que ele estava com o carro.

Os três foram presos em flagrante por tráfico de drogas e o veículo foi devolvido à proprietária.

(Colaborou Yasmin Lisboa)