Maria ganha 'festa' de cem anos

CELEBRAÇÃO

Maria ganha 'festa' de cem anos

Os parabéns vieram à distância, da calçada da rua da casa de repouso


Familiares e cuidadores participam da breve comemoração pelos cem anos de dona Maria Aparecida, ao centro
Familiares e cuidadores participam da breve comemoração pelos cem anos de dona Maria Aparecida, ao centro - Guilherme Baffi 25/7/2020

O sonho da centenária Maria Aparecida Toledo Ferrari era comemorar os cem anos de vida com uma festa de arromba ao lado do casal de filhos (um terceiro já é falecido), sete netos e oito bisnetos. Mas, antes da data de aniversário chegar, neste sábado, 25 de julho, a pandemia do novo coronavírus chegou e mudou todos os seus planos. Para driblar o coronavírus, a família levou bexigas e um bolo para cantar os parabéns, mas mantendo a distância.

"Nós sonhamos tanto com essa data. Resolvemos então fazer a festa a distância", contou a nora, Hildete Maria Borduque Ferrari, de 70 anos. Com ajuda de funcionários da casa de repouso onde Maria Aparecida está hospedada desde junho ,para não ficar isolada em casa, a idosa ganhou uma mesa com bolo, bexigas e docinhos para assoprar a vela dos cem anos de vida celebrado.

Para evitar a aproximação e manter o distanciamento social, uma faixa foi colocada no portão da garagem para ser respeitada pelos familiares. Da calçada e da rua, as filhas, genros e netos cantaram parabéns para a centenária e felicitaram alegria. "Fico feliz de ter a vó. Fico feliz dela ter chegado nessa idade. É minha única vozinha", afirmou o neto Danilo Ferrari, de 34 anos.

Depois de ser paparicada a distância pelos seus, Maria Aparecida disse que ficou feliz com a surpresa organizada pelos familiares. "Bem emocionada, viu. Gostei", disse emocionada a idosa.