Rio Preto é a décima cidade com mais casos de Covid-19 no Estado

LEVANTAMENTO NO ESTADO

Rio Preto é a décima cidade com mais casos de Covid-19 no Estado

Secretaria de Saúde confirmou mais quatro mortes por Covid, totalizando 164 óbitos


coronavírus
coronavírus - Freepik/Banco de Imagens

Rio Preto ultrapassou Jundiaí em número de casos e agora é uma das dez cidades do Estado de São Paulo com mais ocorrências positivas de coronavírus, conforme levantamento divulgado pela Fundação Seade - e a entidade nem está levando em conta os últimos boletins divulgados pela Secretaria de Saúde de Rio Preto. Apenas neste sábado, 18, foram confirmados mais 212 casos, totalizando 5.985 - no ranking estadual, a cidade aparece com 5.597.

Nas primeiras dez posições, estão cidades de grande porte: São Paulo, Santos, Campinas, São Bernardo do Campo, Guarulhos, Santo André, Osasco, Ribeirão Preto e Sorocaba.

Foram confirmadas também mais quatro mortes em Rio Preto, totalizando 164 óbitos pela doença - a faixa etária e o sexo dos pacientes não foram divulgados.

Em número de mortes, Rio Preto não está entre as dez - municípios com menos casos diagnosticados, como Jundiaí, Diadema, São Vicente, Mauá e Barueri, perderam mais vidas para a Covid-19. Em Rio Preto, a taxa de letalidade é de 2,7%.

Conforme decisão do Estado, Rio Preto continua na fase laranja, que permite abertura controlada de serviços não essenciais. A cidade está neste patamar desde que, no final de maio, o governo começou a dividir as regiões por estágio da pandemia, que determina o que pode funcionar.

A taxa de ocupação dos leitos do Departamento Regional de Saúde (DRS) vem aumentando, conforme divulgações da Fundação Seade. Neste sábado, 75,7% dos leitos das unidades de terapia intensiva (UTI) estavam ocupados. Esse número tem sido crescente, e é um dos levados em conta para definir a fase onde as cidades se encontram.

Na região, também há grande ocupação de leitos e os hospitais continuam enfrentando problemas para aquisição de sedativos e relaxantes musculares, utilizados pelos pacientes intubados e em cirurgias, por isso as operações eletivas continuam suspensas em cidades como Rio Preto, Catanduva, Votuporanga e Fernandópolis.

Região

A Secretaria de Saúde de Valentim Gentil confirmou neste sábado, 18, a primeira morte por Covid-19. A vítima é um idoso de 84 anos que tinha comorbidades e estava internado na Santa Casa de Votuporanga. Santa Fé do Sul confirmou o 11º óbito, de uma idosa de 67 anos, que estava internada no HB. Tanabi teve mais duas mortes - os perfis não foram divulgados - chegando a 12 vítimas.

RIO PRETO

  • 5.985 casos confirmados
  • 164 mortes
  • 301 internados (incluindo casos positivos e suspeitos)
  • 2.977 recuperados

Fonte: Secretaria Municipal de Saúde de Rio Preto

REGIÃO

  • 18.761 casos confirmados
  • 538 mortes
  • 11.041 recuperados

Fonte: Secretarias Municipais de Saúde

ESTADO

  • 412.027 casos confirmados
  • 19.647 mortes
  • 261.733 recuperados

Fonte: Governo do Estado

BRASIL

  • 2.049.140 casos confirmados
  • 77.964 mortes
  • 1.321.036 recuperados

Fonte: Consórcio de imprensa (até as 17h deste sábado)

MUNDO

  • 14.104.033 casos confirmados
  • 597.541 mortes
  • 7.925.449 recuperados

Casos confirmados e mortes

  • Estados Unidos: 3.677.453 e 140.888
  • Brasil: 2.049.140 e 77.964
  • Índia: 1.077.864 e 26.828
  • Rússia: 765.437 e 12.247
  • Peru: 345.537 e 12.799
  • África do Sul: 337.594 e 4.804
  • México: 331.298 e 38.310
  • Chile: 328.846 e 8.445
  • Reino Unido: 294.803 e 45.318
  • Irã: 269.440 e 13.791

O Hospital de Base estava com 101 pacientes internados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), segundo boletim divulgado pelo hospital neste sábado, 18. O número representa 86% do total de leitos (117). Na enfermaria, eram 129 pacientes.

Um desses paciente, um idoso de 87 anos, suspeito de ter contraído coronavírus, tentou fugir do quarto, no quarto andar, no final da tarde de sexta-feira, 18. Ele chegou a abrir a janela e jogar uma corda feita de lençóis, mas foi impedido por funcionários da instituição de saúde.

O idoso está internado na ala dos pacientes com coronavírus, mas ainda não teve a doença confirmada por meio de exames. Segundo informações do Hospital de Base, o aposentado conseguiu quebrar a proteção interna da janela, mas a equipe de segurança chegou a tempo de impedir que o paciente colocasse o corpo para fora do quarto.

Por meio de nota, a assessoria de imprensa do hospital informou que a equipe da manutenção da instituição, de forma preventiva, lacrou todas as proteções das janelas e a equipe da psicologia prestou assistência ao paciente.

Na Santa Casa, segundo boletim do hospital neste sábado, eram 41 pacientes na enfermaria e 34 na UTI (89% de ocupação).