Governo federal apura isolamento de menor em banheiro da Fundação Casa de Rio PretoGoverno federal apura isolamento de menor em banheiro da Fundação Casa de Rio Preto

CIDADES

Governo federal apura isolamento de menor em banheiro da Fundação Casa de Rio Preto

Entidade quer saber porque o adolescente com coronavírus ficou isolado em um banheiro desativado por uma semana


Ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves
Ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves - Isac Nóbrega/PR

O Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos, comandado pela ministra Damares Alves, pediu apuração sobre a decisão da Fundação Casa de Rio Preto de manter um adolescente diagnosticado coronavírus em isolamento em um banheiro desativado da entidade. O menor teria passado uma semana isolado no cômodo improvisado, medida considerada inadequada.

O oficio foi enviado pelo Mecanismo Nacional de Prevenção e Combate à Tortura, que pediu esclarecimento quanto a internação inadequada do jovem.

O episódio culminou no afastamento do então diretor da unidade. Depois disso, 11 adolescentes internados na instituição testaram positivo para Covid-19. Pelo menos três funcionários também foram diagnosticados com Covid-19.

Por meio de nota, a Fundação Casa informou que encaminhou os esclarecimentos ao Mecanismo Nacional de Prevenção e Combate à Tortura (MNPCT), evidenciando que as práticas recomendadas já são adotadas desde o início da pandemia, com acompanhamento permanente das ações pelo Comitê de Gerenciamento de Crise instalado pela Fundação.