Campanha de vacinação é prorrogada em Rio PretoCampanha de vacinação é prorrogada em Rio Preto

CONTRA A GRIPE

Campanha de vacinação é prorrogada em Rio Preto

Quatro grupos prioritários ainda não atingiram a meta de vacinação na cidade. Atualmente, o estoque do município é de 40 mil doses


Término da campanha de vacinação contra influenza foi prorrogado para 24 de julho
Término da campanha de vacinação contra influenza foi prorrogado para 24 de julho - Mara Sousa/Arquivo

A campanha de vacinação contra a gripe foi prorrogada em todo o Estado até o dia 24 de julho, informou a Secretaria Municipal de Saúde de Rio Preto, nesta segunda-feira, 29. Esta é a segunda vez que o prazo final é estendido. Quatro grupos prioritários ainda não atingiram a meta de vacinação na cidade. Atualmente, o estoque do município é de 40 mil doses.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, a cobertura vacinal de Rio Preto atingiu 93% - índice superior ao nacional, que é de 86% e ao do Estado de São Paulo, com 86%. No município, 172 mil pessoas podem tomar a vacina contra os três subtipos do vírus (H1N1, H3N2 e o influenza B). No último balanço divulgado pela pasta, 120.452 pertencentes aos grupos prioritários tinham sido imunizadas. Ao somar as doses administradas para os grupos com meta e os sem meta de vacinação, Rio Preto imunizou 164.711 pessoas.

Quatro grupos ainda não atingiram a meta de 90% estipulada pelo Ministério da Saúde. O grupo das puérperas é o que apresenta menor adesão, com 53% de cobertura vacinal. Em seguida está o grupo de adultos de 55 a 59 anos, que atingiu 55,29% da meta. Entre as crianças, a cobertura vacinal está em 66,34%.

A gerente de imunização da Secretaria Municipal da Saúde, Michela Barcelos, considerou a procura baixa e preocupante. "Esse não é um número bom porque é uma vacina gratuita, segura e eficiente. Mesmo nos anos anteriores não tem sido fácil atingir a cobertura de crianças e gestantes, por exemplo. E esses grupos que estão na estratégia de vacinação são de pessoas com maior risco de complicação", explica.

Apenas dois grupos superaram a meta, são os idosos, com 116,47% de imunizados, e os profissionais de saúde, com 113,18%.

A gerente de imunização explica que um dos motivos para a cobertura vacinal superar a marca de 100% é porque a estimativa feita pelo Ministério da Saúde está defasada. "Quando superamos o número de idosos significa que temos uma população maior do que o previsto. Além disso, temos uma alta procura por pessoas de outras cidades", afirma Michele. No caso dos profissionais da saúde não há estimativa populacional, a meta é estipulada com base na última campanha de vacinação. Nesse caso, o que pode ocorrer é um aumento de profissionais, motivado por mais contratações para o setor.

Quem ainda não se vacinou, pode procurar uma escola ou equipamento público, onde estão localizadas as salas de vacina. O horário de funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h30. A lista com endereços pode ser conferida no site da Prefeitura (riopreto.sp.gov.br).

Cobertura vacinal contra influenza (meta é de 90% para todos os grupos)

  • Idosos: 116,47%
  • Profissionais de saúde: 113,18%
  • Crianças: 66,34%
  • Gestantes: 58,31%
  • Puérperas: 53,68%
  • Adultos entre 55 e 59 anos: 55,29%

Ao todo, foram aplicadas 164.711 doses. O estoque atual é de 40 mil