Prefeitura vai manter 'caráter orientativo' sobre o uso de máscara em Rio PretoPrefeitura vai manter 'caráter orientativo' sobre o uso de máscara em Rio Preto

FISCALIZAÇÃO

Prefeitura vai manter 'caráter orientativo' sobre o uso de máscara em Rio Preto

Apesar de o Estado impor multa de R$ 500 a quem estiver sem o acessório, Prefeitura diz que fiscais e guardas municipais vão abordar apenas para orientação


Guardas durante abordagem para orientar sobre uso de mascara
Guardas durante abordagem para orientar sobre uso de mascara - Johnny Torres

A Prefeitura de Rio Preto informou ao Diário nesta segunda-feira, 29, que vai manter o "caráter orientativo" quanto ao uso da máscara em locais públicos. Na prática, isso significa que a Prefeitura não vai aplicar multas em quem estiver sem o equipamento de proteção contra a Covid-19.

"A Prefeitura conta com 88 fiscais, além da Guarda Municipal, que tem auxiliado também. Dos 240 agentes da GCM, cerca de 10% estão focados nas ações de prevenção ao coronavírus", informou a Prefeitura, em nota.

Nesta segunda, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), informou que o Estado passará a aplicar multas às pessoas que estiverem em locais públicos sem máscaras e aos estabelecimentos comerciais nos quais estes indivíduos se encontrarem. O objetivo, segundo ele, é intensificar o uso de equipamentos de proteção contra o novo coronavírus.

De acordo com o governador, os estabelecimentos estão sujeitos a multa de R$ 5 mil por vez e por cidadão que estiver sem o equipamento de proteção. Ele também afirmou que pessoas que forem flagradas sem máscaras em ambientes públicos poderão ser multadas em R$ 500.

Por telefone, o governo do Estado informou ao Diário que vai detalhar na terça-feira, 30, como se dará a fiscalização sobre o uso de máscara nas cidades.