Moradores de rua são detidos por furtos

NO JARDIM URANO

Moradores de rua são detidos por furtos


Dois moradores de rua, um de 42 e outro de 29 anos, foram detidos na madrugada da quinta-feira, 18, pela Polícia Militar, suspeitos de assaltar quatro estabelecimentos na região do Jardim Urano, em Rio Preto. Todos os crimes foram filmados por câmeras de monitoramento e as imagens foram entregues na Central de Flagrantes.

Segundo informações da sargento Valquíria Faganelli, da Polícia Militar, a dupla é suspeita de uma série de furtos a estabelecimentos comerciais durante as madrugadas das últimas semanas. Nesta quinta, a equipe deteve a dupla em posse de peças de presunto, requeijão e sardinha. "Eles arrombavam os restaurantes e chegavam a comer parte dos produtos. Em um deles, chegaram a quebrar parte dos pratos quando foram arrancar um televisor da parede. Estávamos há um bom tempo atrás deles e conseguimos pegá-los", diz a sargento.

Segundo Valquíria, a suspeita é de que os moradores de rua revendiam os produtos furtados. "Nesta noite eles furtaram dezenas de latas de atum que não foram recuperadas. Quem comprou deles poderá responder pelo crime de receptação", diz a PM.

Um comerciante que foi vítima do grupo disse que ficou muito decepcionado ao saber quem eram os moradores de rua, porque ele dava café da manhã e até almoço para que eles não passassem fome. "É duro ser furtado neste momento tão difícil que estamos passando. Durante a quarentena, não podemos receber clientes. Caiu 70% do faturamento. Tive de mandar embora cinco dos oito funcionários. Só mantive a equipe da cozinha para fazer a entrega por delivery", lamentou o comerciante.