CORONAVÍRUS

Rio Preto chega a 505 casos e 18 mortes por Covid-19

Cidade tem 110 casos em cada grupo de cem mil habitantes


Setor de atendimento do 0800 Coronavírus
Setor de atendimento do 0800 Coronavírus - Guilherme Baffi 22/4/2020

Ana, 82 anos, faleceu nesta quarta-feira, 20, vítima de coronavírus, na Santa Casa de Rio Preto. Há um mês, em 18 de abril, ela havia enterrado o filho João, de 55 anos, em São Paulo, pela mesma doença. "Eram duas pessoas maravilhosas, meu irmão muito jovem, tinha muito o que viver, que aproveitar da vida e minha mãe era muito querida, sempre ajudou muitas pessoas, sempre recebeu muita gente em casa. Minha casa nunca ficou fazia", conta a filha Maria Eduarda, de 51 anos. Os nomes foram trocados a pedido dela, para preservar a identidade da família.

Ana foi a 18ª pessoa a morrer vítima de complicações da Covid-19 em Rio Preto. Ela tinha problemas cardíacos ainda sem diagnóstico fechado. Segundo a filha, sempre tinha falta de ar e vivia um pouco cansada. Chegou de São Paulo no domingo, 17. "O domingo foi de despedida, a gente ficou na cozinha, conversamos, batendo papo, dando risada." Para Maria Eduarda, foi uma surpresa o diagnóstico, já que a mãe estava quietinha em casa e utilizando máscara quando saía. O contato que teve com o filho data de mais de um mês, portanto não é provável que o contágio tenha ocorrido ali. Ana costuma ficar com Maria Eduarda em Rio Preto, porém, como o filho tinha problemas renais, foi cuidar dele em São Paulo.

Como a falta de ar estava mais severa, Maria Eduarda levou a idosa à Unidade de Pronto Atendimento, de onde foi encaminhada à Santa Casa. Internada na segunda-feira, 18, faleceu dois dias depois. "Não teve tosse, não teve coriza, não deu nada na tomografia do pulmão, falaram que a parte cardiológica estava bem prejudicada. Dói", afirma Maria Eduarda, que diz se apoiar em Deus e agradecer a oportunidade de cuidar dos pais. Ana deixou o marido, com quem era casada há 60 anos, a filha - outros dois filhos já faleceram -, oito netos e três bisnetos.

Até o momento, nove homens e nove mulheres morreram com Covid-19 em Rio Preto. Doze deles tinham mais de 70 anos. Dentre as comorbidades apresentadas pelas vítimas, estão doenças cardiovasculares e neurológicas, diabetes, pneumopatia, obesidade. Segundo a Secretaria de Saúde, existem óbitos com mais de um fator de risco.

Rio Preto ultrapassou nesta quinta-feira, 21, os 500 casos de coronavírus confirmados, totalizando 505. O número foi alcançado menos de uma semana depois de a cidade alcançar 400 ocorrências positivas, sendo que foram necessários 47 dias - de 12 de março até o fim de abril - para atingir os cem primeiros casos, o que mostra que a doença vem crescendo em um ritmo acelerado. São 110 casos para cada grupo de cem mil habitantes.

Atendimentos

As pessoas com suspeita ou coronavírus confirmado são monitoradas pela Secretaria de Saúde. Uma das frentes que faz esse trabalho é o 0800 Coronavírus, serviço de teleatendimento por meio do qual os munícipes podem tirar dúvidas sobre a doença. Já monitorou 367 pessoas desde o dia 12 de maio.

"A gente investe muito nisso porque a principal medida para evitar transmissão é que as pessoas que estão sintomáticas e que estão com a doença não circulem, fiquem no seu domicílio, bem como seus contatos, pois são as pessoas que têm maior possibilidade de estar infectadas", explica Andreia Negri Reis, gerente do Departamento de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde de Rio Preto.

Mortes na região

Poloni confirmou seu primeiro óbito por coronavírus nesta quinta-feira, 21. A paciente é uma mulher de 61 anos que estava em tratamento quimioterápico contra um câncer. Ela foi diagnosticada com coronavírus no dia 9 de maio e estava internada no Hospital de Base, onde faleceu no dia 14.

Barretos confirmou o oitavo óbito nesta quinta, 20. A vítima é um idoso de 60 anos, que tinha hipertensão e já havia sofrido Acidente Vascular Cerebral (AVC).

Colaboração/Leitor

Nesta quinta-feira, 21, dona Odete Naime de Freitas, que completou 90 anos nesta semana, voltou para casa, em Rio Preto, em clima de festa. A idosa enfrentou, nos últimos dias, uma cirurgia de intestino, além de ter contraído a Covid-19.

Em recuperação na casa da filha, ela voltou para seu apartamento, no Centro, recepcionada pela banda da Polícia Militar, que animou sua chegada ao lar. O momento de superação foi registrado em vídeo.

De acordo com a filha de Odete, a psicóloga Lucy de Freitas Colturato, a idosa ficou dois dias na UTI e uma semana na Beneficência Portuguesa após a cirurgia. No dia 1º de maio, foi para a casa da filha e, três dias depois, apresentou sintomas do coronavírus, testando positivo no último dia 7.

Com a quarentena cumprida, voltou para casa curada e recebeu a homenagem dos policiais, que se sensibilizaram com a história de superação e comemoraram o momento. Em Rio Preto, são 188 pacientes considerados recuperados.

(Colaboraram Luna Kfouri e Arthur Pazin)

RIO PRETO

  • 505 casos confirmados
  • 18 mortes
  • 85 internados (incluindo casos positivos e suspeitos)
  • 188 recuperados

Fonte: Secretaria Municipal de Saúde

REGIÃO

  • 1.347 casos confirmados
  • 57 mortes
  • 682 recuperados

Fonte: Secretarias de Saúde dos municípios

ESTADO

  • 73.739 casos confirmados
  • 5.558 mortes
  • recuperados: não divulgado

Fonte: governo do Estado

BRASIL

  • 310.087 casos confirmados
  • 20.047 mortes
  • 116.683 recuperados

Fonte: Ministério da Saúde

MUNDO

  • 5.014.943 casos confirmados
  • 328.462 mortes
  • 1.909.701 recuperados

Casos confirmados e mortes

  • Estados Unidos: 1.604.862 e 94.965
  • Rússia: 317.554 e 3.099
  • Brasil: 310.087 e 20.047
  • Espanha: 280.117 e 27.940
  • Reino Unido: 250.908 e 36.042
  • Itália: 228.006 e 32.486
  • Alemanha: 178.875 e 8.277
  • Turquia: 153.548 e 4.249
  • França: 144.163 e 28.215
  • Irã: 129.341 e 7.249

Casos Monitorados pelo 0800 e pela Vigilância Epidemiológica (média/dia)

  • Casos monitorados - 152
  • Monitorados fechados - 95
  • Encerrados no dia - 29
  • Casos novos - 28
  • Encerrados total - 22
  • Encerrados de outros municípios - 7

Números totais

  • 367 casos monitorados desde o dia 6 de maio pelo Call Center
  • 6.201 ligações recebidas pelo Call Center
  • 80% de resolutividade