CORONAVÍRUS

Pesquisa aponta cidades vulneráveis


Com 24 casos confirmados e uma morte por coronavírus, Olímpia aparece na lista das dez cidades menos vulneráveis à Covid-19. É o que aponta uma pesquisa do Instituto Votorantim, divulgada neste final de semana. A cidade se destaca no ranking e aparece como melhor colocada entre as cidades do Noroeste paulista.

Segundo o estudo, Olímpia ocupa a 9ª colocação do ranking, sendo uma das cidades menos vulneráveis.

Para o ranqueamento, o Instituto levou em consideração dados oficiais de fatores como o número de leitos disponíveis na UTI e de respiradores a cada cem mil habitantes, além de dados estatísticos e financeiros como a proporção da população idosa, PIB per capita e a situação fiscal da cidade.

O estudo é embasado na estrutura que os municípios oferecem no sistema de saúde, na população vulnerável que integra o grupo de risco e ainda na capacidade orçamentária da administração municipal, que influenciam no combate à pandemia. O Índice de Vulnerabilidade dos Municípios (IVM) varia de 0 a 100: quanto mais alto o valor, maior é a vulnerabilidade. É possível ver em que situação está seu município pelo link http://ivm.votorantim.rarolabs.com/.

Olímpia tem IVM de 33,72, enquanto Rio Preto possui 39,48. A pior cidade no levantamento, ou seja, mais vulnerável à Covid-19, é Mojuí dos Campos, no Pará, com 75,65.

Na região, entre as cidades com pior índice estão Floreal, São João de Iracema e General Salgado. Floreal tem IVM de 69,11 e nesta segunda-feira, 18, confirmou o primeiro caso de coronavírus.

No levantamento foram usados dados públicos do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), do Sistema Único de Saúde (SUS), Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES) e Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANSS).