Olímpia

Padre faz missa em formato drive-in


Padre Ivanaldo Mendonça com a imagem de Nossa Senhora Aparecida durante celebração, em Olímpia
Padre Ivanaldo Mendonça com a imagem de Nossa Senhora Aparecida durante celebração, em Olímpia - Divulgação/ Vitória Zanetti

Sem sair do carro. Foi assim que fiéis acompanharam a missa do Dia das Mães no domingo, 10, em Olímpia. A missa celebrada pelo pároco Ivanaldo Mendonça, da paróquia São José, ocorreu em uma capela de um bairro rural da cidade e contou com participação de 100 veículos.

Segundo o padre, para não deixar passar a data que tradicionalmente reúne inúmeros fiéis nas igrejas brasileiras, ele resolveu fazer uma missa no sistema 'drive-in', respeitando o distanciamento entre os veículos. Para participar, os fiéis tiveram que fazer um cadastro na Paróquia e respeitar diversas medidas de segurança, como apenas quatro pessoas da mesma família por veículo - pessoas do mesmo círculo social, ou seja, que conviviam na mesma casa - e não poderiam deixar o carro durante a celebração.

A missa foi celebrada na capela Nossa Senhora Aparecida, que fica a quatro quilômetros da área urbana de Olímpia. "O percusso é denominado caminho de fé. No dia 12 de outubro, 8 mil pessoas percorrem a pé esse caminho para a tradicional missa que realizamos na capela".

Neste domingo, cerca de 400 pessoas participaram em 100 veículos da celebração que durou uma hora e meia e foi finalizada com uma carreata pelas ruas de Olímpia. "Escolhemos o local por seu uma área aberta. Além disso, exigimos de todos os participantes o uso de máscara, álcool em gel e que não descessem do carro", explicou Mendonça.

Todos os participantes também fizeram doações de alimentos que serão repassados para famílias carentes de Olímpia, que são atendidas por projetos sociais da paróquia. A missa foi transmitida pelas redes sociais para todos os fiéis que não puderam acompanhar a celebração.

No momento da comunhão, foi obrigatória a higienização antes e pós-comunhão. Segundo o padre, nenhum ministro estava no grupo de risco para o contágio de coronavírus. "Isso foi uma experiência, agora vamos avaliar para ver sobre outras celebrações da mesma forma".