SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | SEXTA-FEIRA, 03 DE DEZEMBRO DE 2021
Esportes

Na lanterna, Chapecoense enfrenta o Fortaleza para desencantar na Arena Condá

Estadão Conteúdo
Publicado em 16/10/2021 às 07:30Atualizado em 16/10/2021 às 07:36

Ainda em busca da primeira vitória como mandante, a Chapecoense desafia a grande sensação do Campeonato Brasileiro, o Fortaleza, terceiro colocado, em jogo marcado para este sábado, às 19 horas, na Arena Condá, em Chapecó (SC), pela 27.ª rodada. Na lanterna, o time catarinense tenta apenas cair em pé.

Em 26 jogos, a Chapecoense venceu apenas um, empatou 10 e perdeu outros 15. Está na última posição, com 13 pontos, contra 28 do Santos, o primeiro fora da zona de rebaixamento. O único triunfo foi no dia 11 de setembro, diante do Red Bull Bragantino, fora de casa.

O Fortaleza, por outro lado, luta para confirmar de vez uma vaga na Copa Libertadores de 2022. O clube cearense vem de triunfo por 1 a 0 para cima do Grêmio, resultado que o levou para a terceira posição, com 42 pontos, atrás apenas de Atlético-MG (56) e Flamengo (45).

Buscando desencantar em casa, o técnico Pintado terá alguns problemas. Ele não poderá contar com o lateral-esquerdo Busanello e o volante Anderson Leite, ambos suspensos pelo terceiro cartão amarelo. Por outro lado, terá o retorno do volante Denner, que cumpriu suspensão frente ao Athletico-PR.

Na lateral, Mancha será o escolhido, enquanto que para a vaga no meio de campo a briga ficou entre Alan Santos e Ronei. Além disso, Denner também poderia ser utilizado no setor, mas o seu retorno ainda é incerto. Léo Gomes e Renê Júnior estão vetados pelo departamento médico.

"É um sofrimento por não conseguir a vitória, mas não vou me cansar de buscar solução para a equipe. Nada vai tirar minha determinação na busca do resultado. Futebol não é merecimento, mas sim competência", falou Pintado.

Do outro lado, o técnico argentino Juan Pablo Vojvoda não poderá contar com o atacante Robson, que cumprirá suspensão automática depois de receber o terceiro cartão amarelo na vitória diante do Grêmio. O atacante é o artilheiro do time na competição com sete gols marcados em 26 jogos.

Sem o atacante, o treinador deverá apostar na experiência de Wellington Paulista. Mas Henríquez e Igor Torres também são opções. As dúvidas são no meio de campo. Quatro jogadores brigam por duas posições. São eles: Matheus Vargas, Lucas Lima, Felipe e Ronald.

"Os segundos turnos são muito complicados, todos os times jogam cada vez mais. Os que estão na zona de rebaixamento ou os que estão querendo chegar em posição de copas. São jogos complicados e muito apaixonantes. Cada partida vai ser uma final", salientou o treinador.

 
Copyright © - 2021 - Grupo Diário da Região.É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Desenvolvido por
Distribuido por