SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | SEXTA-FEIRA, 19 DE AGOSTO DE 2022
Esportes

Maracanã fechará as portas por 16 dias para preservação e manutenção do gramado

Estadão Conteúdo
Publicado em 06/07/2022 às 22:05Atualizado em 06/07/2022 às 22:14

O Vasco teve de apelar à Justiça para poder enfrentar o Sport no Maracanã, pela Série B, dia desses. O consórcio que administra o estádio, em parceria entre Flamengo e Fluminense, havia alegado falta de tempo hábil para fazer manutenção no gramado em tentativa de impedir o jogo no local. Nesta quarta-feira, veio a confirmação que o principal palco de partidas de futebol do Rio necessitará fechar suas portas por ao menos 16 dias para preservação e restauração do danificado piso.

Com venda de ingressos já realizada para os jogos entre Fluminense x Ceará, domingo, na despedida oficial do atacante Fred, e da volta das oitavas de final da Copa do Brasil entre Flamengo e Atlético-MG, dia 13, o estádio será fechado oficialmente no dia 14 de julho.

Três partidas serão remarcadas para novos palcos: os jogos do Flamengo no Brasileirão contra Coritiba (dia 16) e Juventude (20), além de Fluminense x Red Bull Bragantino (24). O Vasco já ofereceu São Januário ao time tricolor.

"O excessivo número de jogos no Maracanã em um curto espaço de tempo - até o próximo dia 13/07 serão cinco partidas em 11 dias (dia sim, dia não) - e também as orientações e laudos técnicos dos responsáveis pelo gramado, obrigaram Flamengo e Fluminense a tirarem jogos do Maracanã. O objetivo é manter a excelência do campo para a fase decisiva da temporada", informou o Consórcio Maracanã.

"Considerando que as vendas dos ingressos das partidas Fluminense x Ceará e Flamengo x Atlético-MG já foram comercializadas em sua totalidade, a paralisação terá início no próximo dia 14/07", continuou a nota oficial.

Flamengo e Fluminense fizeram um investimento de R$ 4 milhões para a implementação do novo gramado híbrido (com durabilidade média de 50 jogos por temporada), que vem respondendo de forma satisfatória até agora. Mas a manutenção se faz necessária para que não seja necessária uma troca da grama parcial como ocorreu em oito oportunidades no ano passado.

"Este ano não haverá necessidade de nenhuma troca ou intervenções, sendo suficiente apenas um período de descanso em função do calendário", concluiu o consórcio. O Flamengo encara o Atlético-GO como mandante no dia 30 de julho, em partida que pode marcar a reabertura do estádio. O Fluminense voltaria ao palco no dia 6 de agosto, diante do Cuiabá.

 
Grupo Diário da Região.© Copyright 2022É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por