SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | SEGUNDA-FEIRA, 24 DE JANEIRO DE 2022
Esportes

Grêmio atropela São Paulo e se mantém vivo na luta contra o rebaixamento

Estadão Conteúdo
Publicado em 02/12/2021 às 22:17Atualizado em 02/12/2021 às 22:22

De um lado, o Grêmio, um time desesperado pela vitória para ainda manter viva a esperança de escapar de um iminente rebaixamento para a Série B do Brasileirão. Do outro, o São Paulo, uma equipe cheia de altos e baixos durante a temporada e que, ao que parece, chegou aos 45 pontos, viu o risco de queda diminuir muito e relaxou. O resultado não poderia ser outro - vitória da equipe gaúcha por 3 a 0.

No primeiro tempo, o Grêmio começou pressionando o São Paulo, que tinha dificuldade para chegar ao ataque. Aos 12 minutos, o tricolor gaúcho perdeu ótima oportunidade de abrir o placar. Thiago Santos roubou a bola de Nestor, Diego Souza dividiu e na sobra, Campaz ajeitou para Thiago Santos fazer o gol, mas, sem goleiro, o volante bateu em cima de Miranda, que salvou os paulistas.

Mas, aos 22, o próprio Thiago Santos, com muita raça, marcou o primeiro gol do jogo. Ferreirinha tocou para Diogo Barbosa pela esquerda e o lateral cruzou na medida para o volante chegar e, quase dentro do gol, cabecear sem chances para Volpi.

O São Paulo era um amontoado em campo, uma bagunça técnica e tática. Gabriel Sara ficou preso ao setor direito, Arboleda não tinha cobertura e o time não tinha quase nenhuma transição do meio para o ataque. Com jogadores pouco se importando em manter posição, a equipe era presa fácil para o Grêmio e o cenário não mudou na segunda etapa.

Ferreirinha acertou a trave logo aos seis minutos, perdeu mais duas boas chances e, aos 22, Diogo Barbosa marcou o segundo gol do Grêmio, para alívio da equipe. O lateral-esquerdo recebeu com liberdade, cortou Igor Gomes como quis e bateu, de direita, no ângulo de Volpi.

Depois, até o fim do jogo as equipes diminuíram o ritmo e apenas esperaram o tempo passar. Mesmo assim, o São Paulo conseguiu levar mais um gol. Aos 48, Jhonata Robert. Liziero perdeu no ataque, a bola sobrou para Borja, que ajeitou para Robert, que de primeira, do meio de campo, deu um chutão para cima, mas na direção do gol. Volpi ficou no meio do caminho e a bola morreu no fundo do gol.

Com o resultado, o Grêmio chegou aos 39 pontos, mas segue na 18ª posição, um ponto atrás do Bahia, o 17º colocado, e quatro pontos de distância do Athletico-PR, primeiro clube fora da zona do rebaixamento.

Já o São Paulo, cinco pontos acima do Bahia, continua apresentando desempenho pífio no Brasileirão. Ainda bem que o time tem apenas mais dois jogos para disputar, ou o risco de rebaixamento, que ainda existe, mas é muito pequeno, seria muito mais real.

FICHA TÉCNICA

GRÊMIO X SÃO PAULO

GRÊMIO - Gabriel Chapecó; Rafinha, Pedro Geromel, Kannemann e Diogo Barbosa; Thiago Santos (Mateus Sarará), Lucas Silva e Campaz (Villasanti); Douglas Costa (Jhonata Robert), Diego Souza (Borja) e Ferreira (Darlan). Técnico: Vagner Mancini.

SÃO PAULO - Tiago Volpi; Arboleda, Miranda e Léo; Gabriel Sara, Rodrigo Nestor (Liziero), Igor Gomes (Gabriel), Benítez (Igor Vinícius) e Welington (Marquinhos); Rigoni (Juan) e Calleri. Técnico: Rogério Ceni.

GOLS - Thiago Santos aos 22 do 1º Tempo. Diogo Barbosa aos 22 e Jhonata Robert aos 48 do 2º.

ÁRBITRO - Savio Pereira Sampaio (DF).

CARTÕES AMAREKLOS - Rigoni, Douglas Costa, Gabriel Chapecó, Miranda e Borja.

RENDA - R$ 354.342,00.

PÚBLICO - 8.517 pagantes. (9.312 total).

LOCAL - Arena Grêmio, em Porto Alegre.

 
Copyright © - 2021 - Grupo Diário da Região.É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Desenvolvido por
Distribuido por