SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | TERÇA-FEIRA, 09 DE AGOSTO DE 2022
Esportes

Atlético-MG aposta no Mineirão para evitar zebra contra Emelec na Libertadores

Estadão Conteúdo
Publicado em 05/07/2022 às 06:40Atualizado em 05/07/2022 às 06:49

Um dos candidatos ao título da Copa Libertadores, o Atlético-MG coloca a sua força à prova diante do Emelec, nesta terça-feira, às 19h15, no Mineirão. Ao lado de sua torcida, o clube mineiro quer confirmar favoritismo para seguir vivo na competição. No jogo de ida, os times ficaram no empate por 1 a 1, no Equador. Os mineiros, terceiro colocado no Brasileirão, precisam de apenas uma vitória simples para seguir em frente. Um novo empate leva a definição para as cobranças de pênaltis.

Só o triunfo interessa também ao Emelec, já que não há mais o critério de gols fora nos torneios da Conmebol. No Campeonato Equatoriano, está na segunda fase, após ter feito apenas a sexta melhor campanha na fase anterior.

O técnico Antonio Mohamed tem desfalques certos para o duelo. O treinador não poderá contar com o volante Alan, expulso no jogo de ida, e com o atacante Ademir, diagnosticado com a covid-19. Sem Jair, lesionado, a expectativa é que Calebe faça dupla com Otávio no meio de campo. Na frente, é possível que Sasha ganhe chance. Mas Rubens pode ser surpresa.

O treinador também não terá Keno e Zaracho, que estão perto de serem liberados pelo departamento médico, além de todos os reforços, que não puderam ser inscritos, a exemplo do zagueiro Jemerson, e dos atacantes Pavón, Pedrinho e Alan Kardec.

"Estamos com jogadores com muitos minutos em campo, mesmo assim conseguimos uma boa vitória no Brasileirão. Agora é focar na Libertadores. Temos um adversário duro pela frente. Vai jogar quem estiver bem", disse o treinador.

Por ter conseguido fazer frente ao Atlético no jogo de ida, o Emelec deverá repetir a escalação. O treinador Ismael Rescaldo não poderá contar com Quintero, que passou por um artroscopia, e com João Rojas, que acertou com o Monterrey, do México. Ambos já não vinham sendo relacionados.

O Emelec fez o último trabalho na Toca da Raposa, dependência do Cruzeiro, mas fechou as atividades para a imprensa. O treinador optou pelo mistério para tentar surpreender o Atlético no Mineirão.

 
Grupo Diário da Região.© Copyright 2022É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por