SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | TERÇA-FEIRA, 09 DE AGOSTO DE 2022
Esportes

Athletico-PR defende invencibilidade com Felipão em duelo com o Libertad

Estadão Conteúdo
Publicado em 28/06/2022 às 07:40Atualizado em 28/06/2022 às 07:49

Em ascensão desde a chegada de Felipão, o Athletico-PR tem agora um desafio do tipo que treinador costuma se dar bem: o mata-mata. Nesta terça-feira, o time paranaense enfrenta o Libertad, às 21h30, na Arena da Baixada, pela partida de ida das oitavas de final da Copa Libertadores da América.

Os dois se enfrentaram na primeira fase da competição e ambos terminaram com dez pontos, mas o time paraguaio ficou em primeiro do Grupo B nos critérios de desempate, pelo saldo de gols: 2 a 1. Em Curitiba, vitória da equipe athleticana por 2 a 0. Fora de casa, derrota por 1 a 0.

O momento do Athletico é bom. Durante a pausa do torneio continental, chegou à terceira posição do Brasileirão, atrás apenas de Palmeiras e Corinthians. Seu adversário também está em boa fase, tanto que lidera o Campeonato Paraguaio de forma isolada.

Os desfalques do Athletico já são conhecidos. O meia Marlos e o atacante Vitinho estão com lesões na panturrilha e na coxa, respectivamente. Já o zagueiro Thiago Heleno, em transição, está com um problema no ombro. Fernandinho foi apresentado nesta segunda-feira, mas só poderá estrear a partir do dia 18 de julho.

Felipão poupou seus principais jogadores na vitória por 4 a 2 frente ao Red Bull Bragantino no fim de semana. O treinador aprovou o teste, mas deverá manter o time que o fez ter uma invencibilidade de 11 jogos na temporada.

"Agora eu tenho um problema. Gostei de ter esse problema. O Orejuela não vinha jogando por lesão e coisa e tal. Uma personalidade, uma forma de jogar ótima. Vamos ter que administrar algumas coisas, vai colocando nesse ou no outro. O outro (jogo) é no sábado e só o Palmeiras, só. É bravo, né? Ir administrando e ver como consegue fazer entre Khellven e Orejuela, e entre outros jogadores ali", disse o treinador.

Do outro lado, a principal dúvida do Libertad é sobre o técnico Daniel Garnero, que testou positivo para Covid-19. Ele já desfalcou o time na vitória por 1 a 0 sobre o Cerro Porteño e aguarda uma contraprova para saber se poderá comandar o time. Em caso negativo, Andrés San Martín assumirá novamente o posto.

O intuito é que o time seja o mesmo que enfrentou o Cerro Porteño. O treinador não terá o atacante Julio Enciso, que foi vetado pelo departamento médico.

 
Grupo Diário da Região.© Copyright 2022É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por