SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | QUINTA-FEIRA, 11 DE AGOSTO DE 2022
Esportes

Arturo Vidal divide opiniões no Flamengo e navega entre desconfiança e euforia

Estadão Conteúdo
Publicado em 06/07/2022 às 12:15Atualizado em 06/07/2022 às 12:19

Arturo Vidal será recebido pela torcida do Flamengo na noite desta quarta-feira no Maracanã, quando o time enfrenta o Tolima, pelo jogo de volta das oitavas de final da Libertadores. Resta saber qual será o comportamento dos rubro-negros em relação ao novo atleta do elenco. A contratação do chileno de 35 anos dividiu a opinião dos torcedores.

Há uma parcela confiante com sua chegada, apostando em uma identificação do jogador com o clube brasileiro. Ele tem raça para dar e vender. Outros torcedores veem a contratação de Vidal apenas como uma manobra oportunista do jogador. Fato é que pelas postagens em seu Instagram, Vidal parecia galgar um espaço no Flamengo havia tempos. Tudo indica que ele conseguiu esse objetivo.

Boa parte da desconfiança se deve ao fato de o chileno ter uma baixa minutagem em campo nas últimas duas temporadas. Ele atuou durante 90 minutos em apenas três jogos, uma média de pouco mais de 33 minutos por partida. O atleta chega ao Brasil após férias com sua família depois do término da temporada europeia, e, agora, precisa se preocupar com o recheado calendário sul-americano, além do seu ritmo de jogo.

Campeão da Libertadores de 1981 pela Flamengo, Baroninho aponta que, diante da incerteza do desempenho de um jogador já rodado e sem grandes atuações recentes, o Flamengo deveria privilegiar os atletas da base. "Eu acho que o Flamengo tem de olhar para sua base, como antigamente, quando 80% dos jogadores eram feitos no clube. Acho que o custo é muito caro do jogador que está vindo da Europa. Geralmente eles não estão rendendo tudo o que o Flamengo precisa", afirmou.

No contraponto, o ex-lateral Leandro, ídolo rubro-negro que atuou no Flamengo desde as categorias de base, afirmou que gosta do estilo do chileno. "Trata-de de um grande jogador. Atleta voluntarioso, experiente. Gosto muito dele. Acho que tem muito a acrescentar para o Flamengo, principalmente com a garotada mais jovem. E com futebol mesmo. Ele vai chegar motivado, vai chegar para um time de torcida em que ele gosta de jogar, time de massa, vai abraçá-lo", defende.

Apesar dos aspectos positivos de Vidal, Leandro também alerta para o estágio técnico do atleta nessa chegada. "As condições dele no momento é que têm de ser avaliadas. Isso aí não é comigo nem com o torcedor. Isso depende dele", disse, deixando claro que será necessário um momento de adaptação do jogador.

Para o jornalista Raúl Neira, do Diario El Mercurio, que acompanha Vidal desde o início de sua carreira, a falta de grandes atuações do jogador pode assustar, mas, segundo ele, sua entrega em campo não muda. Provocado sobre a falta de minutagem do atleta nas últimas temporadas, ele elogiou o desempenho do chileno mesmo no pouco tempo em campo.

"Os números são indiscutíveis. Ele jogou pouco e não era titular. Mas pelas poucas vezes que esteve em campo, na minha impressão, quando entrava no jogo, ele corria e se entregava. Creio que isso o distingue como atleta. Não há dúvida em relação ao sacrifício em campo. Isso ele não vai perder. Ele continua sendo útil para qualquer equipe. Mesmo jogando pouco. No Flamengo, Vidal vai mostrar o motivo de a melhor equipe da América do Sul ter se interessado por ele", comentou.

Vidal vai receber um salário similar aos dos principais jogadores do elenco, como Bruno Henrique e Arrascaeta. Apesar de chegar sem custos de contratação - ficou sem contrato após o fim do vínculo com a Internazionale de Milão -, o chileno vai ganhar R$ 20 milhões por um acordo de 18 meses. Isso equivale a R$ 1,1 milhão por mês.

Para se ter uma noção dos padrões salariais do jogador na Itália, segundo informações do jornal italiano Gazzetta dello Sport, Vidal recebia cerca de R$ 3 milhões por mês. Um valor fora de cogitação para o Brasil, já que a maior remuneração do futebol nacional é de Dudu, que recebe cerca de R$ 2 milhões no Palmeiras depois de sua volta ao País.

Com passagens por Juventus, Bayern de Munique, Barcelona e Internazionale, o chileno é aguardado com fervor por pare da torcida do Flamengo. Nas redes sociais, hashtags em menção a Vidal figuraram entre os trending topics dos últimos dias. No entanto, apesar da ansiedade, os torcedores terão de aguardar, no mínimo, até dia 18 de julho, para saber o que ele pode entregar em campo. Essa data marca a abertura da janela de transferências e é quando ele poderá estrear, junto de outro reforço, o atacante Everton Cebolinha.

 
Grupo Diário da Região.© Copyright 2022É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por