X
X

Diário da Região

28/08/2016 - 00h00min

TURISMO

Um mar de vulcões no interior da Costa Rica

TURISMO

Agência O Globo Arenal, um dos vulcões mais populares entre os turistas
Arenal, um dos vulcões mais populares entre os turistas

Não é comum encontrar turistas que tenham ido à Costa Rica especialmente para conhecer o interior do país. Como o nome já antecipa, seu litoral - de posição privilegiada, com o Mar do Caribe a leste e o Oceano Pacífico a oeste - é seu grande trunfo, principalmente entre banhistas e surfistas.

Mas, com 70% do território coberto por florestas, áreas protegidas e rurais, a Costa Rica tem atrações além de praias e ilhas que, a cada dia, vêm ganhando mais espaço no mercado de turismo. Para os brasileiros, a principal delas está no topo das montanhas - nos vulcões do país. Eles são dezenas. A maioria, já está sedimentada. Quatorze, entretanto, são considerados ativos. Desses, cinco estão abertos à visitação, mas apenas três - o Irazú, o Poás e o Arenal - recebem turistas o ano todo. Os outros dois entram em atividade constantemente e, por isso, até podem ser visitados, mas sob consulta.

O mais alto deles, o Irazú, fica na província de Cartago e a 55 quilômetros da capital, San José. É o cenário mais impressionante da região. No caminho até o topo, as imagens são de um interior de pequenas propriedades, integradas numa rede de turismo rural, atividade em que o governo vem investindo. Isso, por conta das duas vocações naturais da nação: agricultura e turismo, que equivalem a 42% do Produto Interno Bruto (PIB).

O governo vem, inclusive, há quase uma década, promovendo ações de sustentabilidade, com vistas ao fortalecimento do ecoturismo. Andando pelo interior, é possível conhecer, por exemplo, a produção de melado familiar a bordo das "carretas", carroças de boi históricas e símbolos do país.

Também dá para visitar um criadouro de morcegos, usado para reflorestamento. E fazer as atividades típicas da roça, como alimentar animais, provar leite fresquinho e produzir queijo artesanal, entre outras. Lembrando que a estrutura de hospedagem pelo interior é rústica e simples.

Mesmo tendo uma área pequena - seu território só é um pouco maior que o Estado do Rio - o país possui uma grande biodiversidade, principalmente de aves e plantas. Entre elas, orquídeas endêmicas, e há tours para conhecê-las. A observação de pássaros e atividades radicais, como tirolesa e rapel, são outras atrações.

Mas, estando na Costa Rica, não dá para deixar o litoral de lado. Depois de descer das montanhas e passar por pequenos sítios, é hora de conferir praias quase desertas, só acessíve

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso