X
X

Diário da Região

29/06/2017 - 20h09min

Artigo

Medo de amar

Artigo

Mara Sousa/Arquivo Monica Soares é psicóloga especialista em educação e terapia sexual
Monica Soares é psicóloga especialista em educação e terapia sexual

É possível ter medo de amar?

Passado o Dia dos Namorados, muitos solteiros podem estar se questionando, porque estou sozinho?

Muitas pessoas interessantes, divertidas, bem-sucedidas têm preferido manter-se solteiras, outras tantas confessam que até desejam um relacionamento, mas não conseguem encontrar ninguém. Então o que pode estar acontecendo?

Estamos de fato mais exigentes e "chatos". Mas as principais causas do medo de se relacionar são as experiências negativas como traições, desilusões, separações e outros traumas.

O medo de amar faz com que a pessoa acredite, mesmo que inconscientemente, que não existe ninguém no mundo para se relacionar.

Geralmente a pessoa com medo têm uma "lista" com pré-requisitos muito difícil de ser completada.

O famoso "dedo podre" também é um indicativo. Justamente pelo medo as pessoas acabam se relacionando com pessoas comprometidas, envolvidas com outras pessoas de alguma maneira ou ainda com problemas emocionais graves e emocionalmente instáveis, inviabilizando a possibilidade de um relacionamento mais sério.

Quando começa algum relacionamento com maior envolvimento, a pessoa com medo de amar logo passa a boicotar a relação, procurando defeitos, problemas, dificuldades, provocando brigas sem motivo, também se afastando ou esfriando a relação, até que ela acabe.

Existem muitas outras atitudes que podem esconder o medo de amar, é preciso observar se essa não é causa para não conseguir amar...

E como superar o medo de amar?

Assumir o medo é o primeiro passo para enfrentá-lo.

Depois procure entender a sua origem, pois a partir de sua origem vem os pensamentos automáticos como: eu só gosto de pessoas errada, eu só atraio "galinha", mulheres só gostam de dinheiro, homens são todos iguais... Assim por diante. Ao identificar qual o seu "fantasma", passe a questionar, por exemplo: todas as mulheres só casam por dinheiro? Todos os homens são iguais?

Após esse questionamento, mude de atitude, se você não gosta de homens ou mulheres que saem muito não é na "balada" que você vai encontrar seu par ideal. Percebeu que a pessoa tem uma história complicada, afaste-se temporariamente e observe à distância se a situação se soluciona, do contrário, afaste-se definitivamente.

A pessoa com quem está saindo mente, dissimula ou conta histórias confusas nas quais ela sempre é a vítima ou o máximo, fique atento. 

Não se iluda que será capaz de mudar alguém.

Afinal ninguém muda ninguém.

E por último procure sempre ser uma pessoa melhor. Observe qual comportamento seu não era bom nas relações anteriores, se era inseguro, possessivo, distante, frio ou qualquer outra característica que possa ter colaborado para problemas na relação.

O medo de amar traz um grande sofrimento, impedindo que a pessoa viva uma simples experiência de vida ou um grande amor.

 

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso