X
X

Diário da Região

14/04/2016 - 00h00min

SINTA O AROMA...

No Dia Internacional do Café, Sirva-se traz opções para você explorar a bebida

SINTA O AROMA...

Guilherme Baffi Felipe Ribeiro Barbosa, barista e proprietário do Day Off. “O café é uma bebida cheia de nuances. O aroma, o grau de amargor e a acidez variam de um café para o outro. Para cada tipo de paladar, existe um café recomendado”
Felipe Ribeiro Barbosa, barista e proprietário do Day Off. “O café é uma bebida cheia de nuances. O aroma, o grau de amargor e a acidez variam de um café para o outro. Para cada tipo de paladar, existe um café recomendado”

Está sentindo esse cheiro? Consegue perceber o aroma no ar? Que conforta assim que entra pelo nariz, dá sensação de aconchego e mexe com a memória. Sim, estamos falando de café. Seja no coador, na máquina de expresso ou em diferentes métodos de extração, é impossível não perceber quando fica pronta a bebida presente em mais de 80% dos lares brasileiros. Até mesmo os que não apreciam a bebida são capazes de se render ao cheiro.

Conhecido como o pretinho básico da gastronomia, o café vai bem em diversas ocasiões. No café da manhã, para despertar depois de uma refeição, para finalizar a experiência gustativa, durante reuniões de negócios ou simplesmente para um momento de pausa na correria do dia a dia. O apreço pela bebida é tão grande que hoje é comemorado o Dia Internacional do Café. Mais um motivo para mais uma xícara, que tal?

Assim como tudo que está relacionado ao universo da gastronomia, o café também conquistou respeito nos últimos anos. Além das extrações diferenciadas, que resultam em apresentações gourmet, o fruto - que foi plantado durante anos na região de Rio Preto - passou a ser integrado a cervejas, drinques, doces e até pratos salgados. De acordo com Felipe Ribeiro Barbosa, barista e proprietário do Day Off Café, o café é uma bebida cheia de nuances. 

 

Laurêncio Café - 14042016 O Laurêncio Café, de Rio preto, investiu em bebidas que remetem ao sabor de cafés internacionais, como o que leva o nome de cajamarca, em referência a uma cidade do Peru

“O aroma, o grau de amargor e a acidez variam de um café para o outro, com base no método de extração do líquido, na forma de plantio e na colheita do grão, e até mesmo na água utilizada”, diz. São por essas variações que Barbosa recomenda que os cafés gourmet sejam saboreados sem açúcar. “Muitas pessoas falam que não gostam de café, mas se baseiam na experiência com aquela bebida que consumimos geralmente em casa, com o pó vendido em supermercado e cheio de açúcar.

Para cada tipo de paladar, existe um café recomendado. O ideal é que ele seja consumido sem açúcar, para que a pessoa possa realmente sentir o sabor do fruto.” Além do coado e do expresso, existem vários métodos de extração da bebida. Hario V60, Cafeteira Italiana, Prensa Francesa e Aeropress são algumas opções. No Day Off, segundo Barbosa, o feito no chemexx é um dos que mais chamam atenção. “Nós utilizamos um grão com notas cítricas e mel, colhido manualmente no Brasil.

No chemexx, a bebida será mais pura e neutra, sem amargor ou acidez”, explica. O café necessita de solo e de climas favoráveis para dar frutas adequadas, colheita e secamento perfeitos dos grãos e, para finalizar, torração e moagem no ponto certo. O Brasil está entre os melhores produtores do mundo. Os grãos do Peru, da Guatemala e da Etiópia também tem seu respeito neste universo.

 

Batemans Mocha Beer - 14042016 Além de extrações diferenciadas e versões gourmet, café passou a integrar até cervejas

Para proporcionar experiências novas aos paladares daqueles que apreciam café, Rubens Francisco Pereira da Silva, do Laurêncio Café, investiu em bebidas que remetem ao sabor de cafés internacionais. A cajamarca, homônima a cidade do Peru, reproduz o sabor do café produzido lá por meio da mistura do chocolate meio amargo, raspas de pão de mel, café expresso e leite. O huehhuetenango, da Guatemala, leva geleia de morango, raspas de pão de mel, expresso e leite.

Benefícios do café

  • Dá energia
  • Contribui na digestão
  • Beneficia a prática da atividade física
  • Ajuda no processo de desinflamação do cérebro
  • Menor incidência do diabetes tipo 2
  • Cheiro de café diminui estresse

O café na estética

  • O óleo de café concentrado promove atividade hidratante, antioxidante e fotoprotetora da pele, usado na composição de filtros solares e na elaboração de produtos que combatem a celulite, por exemplo.

Tabela de calorias para a bebida sem açúcar:

  • 1 copinho (50 ml): 4 kcal
  • 1 xícara (100 ml): 8 kcal
  • 1 copo americano (200 ml): 16 kcal

Fonte: Gelma Franco, diretora da Associação Brasileira de Café e Baristas, dona do IL Barista Cafés Especiais e juíza em campeonatos de cafés.

 

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso